ESCÂNDALO

Caso Neymar: Globo investiga 'ligações perigosas' entre Mauro Naves e advogado

Reprodução/TV Globo

Mauro Naves no Globo Esporte: jornalista é suspeito de ser sócio de advogado que tentou acordo com Neymar - Reprodução/TV Globo

Mauro Naves no Globo Esporte: jornalista é suspeito de ser sócio de advogado que tentou acordo com Neymar

DANIEL CASTRO - Publicado em 11/06/2019, às 05h31

Afastado da cobertura esportiva às vésperas da Copa América, o repórter Mauro Naves está sob investigação na Globo. Executivos da emissora suspeitam que o jornalista é mais do que amigo de José Edgard Bueno Filho, primeiro advogado da modelo Najila Trindade. Eles seriam sócios em um restaurante de São Paulo. Naves é suspeito de ter ajudado Bueno a tentar um acordo com o staff de Neymar Jr. para que Najila não denunciasse o jogador por estupro e agressão.

Nas palavras de um desses executivos, o episódio revelou que Naves tem "ligações perigosas" no mundo esportivo. Seus negócios envolveriam o próprio Neymar e Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, o que comprometeria a lisura de seu trabalho na maior emissora do país.

Naves seria sócio de Bueno no restaurante Paris 6 Vaudeville, na rua Haddock Lobo, nos Jardins, em São Paulo. O jornalista tem um quadro com sua imagem e um prato com seu nome no restaurante e já foi fotografado inúmeras vezes no local, mas não aparece na documentação da empresa registrada na Jucesp (Junta Comercial de São Paulo) sob a razão social de A3 - Vaudeville Comércio de Alimentos e Bebidas Ltda.

Já Bueno foi até o ano passado CEO do restaurante. Ele é sócio da unidade por meio da empresa H1 Restaurantes e Participações S/A. Bueno e Isaac Azar, "mentor" do Paris 6, detêm 80% do capital da H1.

Os indícios de que Mauro Naves seria sócio "oculto" no Paris 6 Vaudeville foram revelados pelo Blog do Paulinho no último domingo. Em 21 de maio de 2014, Azar publicou em uma rede social uma foto ao lado de Naves, que exibia o que parecia ser um contrato. "Agora é oficial!! Contrato assinado!! Bem-vindo, Mauro Naves (@mauronaves25) ao futuro e em breve novo P6, o Paris 6 Vaudeville!!!".

reprodução/blog do paulinho

Mauro Naves e Isaac Azar com suposto contrato de sociedade oculta no Paris 6 Vaudeville

A unidade da rede de restaurantes só foi aberta ao público três anos depois, em 2017. A Globo quer saber agora que contrato foi esse que Naves assinou e se ele, de fato, algum dia teve alguma relação societária com o Paris 6 e, principalmente, com o advogado Bueno Filho.

O Blog do Paulinho joga mais lenha na fogueira ao revelar um post de Naves no Instagram, em 2016, em que ele festejava a presença de Neymar Jr. no Paris 6 de Miami e dizia que o craque, então no Barcelona, poderia estar de mudança para Paris. Nos comentários, Isaac Azar revelou mais do que os documentos oficiais: "O cara sabe de tudo, meu amigo e sócio, Mauro Naves".

O presidente do Corinthians, o ex-deputado federal Andres Sanchez, seria o verdadeiro dono da H1 Restaurantes, que controla o Paris 6 Vaudeville, de acordo com o Blog do Paulinho.

Naves foi afastado da cobertura esportiva na última quarta-feira (5), em nota oficial lida no Jornal Nacional por William Bonner. A nota, no entanto, não revelou toda a verdade. Naves não foi afastado apenas por ter fornecido o telefone de Neymar da Silva Santos, pai do craque do Paris Saint-Germain a José Edgard Bueno Filho.

A cúpula da Globo está convicta de que o jornalista participou ativamente da tentativa de um acordo entre o advogado e o staff de Neymar para abafar o escândalo, o que contraria "a expectativa da empresa". Tanto que Naves e Bueno Filho teriam se encontrado em Teresópolis, onde a Seleção Brasileira se concentra para a Copa América, antes de a denúncia vir à tona.

Daniel Castro
DANIEL CASTRO transformou a coluna de Televisão da Folha de S.Paulo na mais relevante do país durante sua passagem pelo jornal, entre 1991 e 2009. Trabalhou no Notícias Populares (1995-96) e R7 (2009-13). E-mail: dcastro@noticiasdatv.com

Leia também

Comentários

Carregando… Carregando...