Samantha Morton

Careca, nova vilã de Walking Dead pode quebrar tabu da série no Oscar da TV

Imagens: Divulgação/AMC

A atriz britânica Samantha Morton corta o cabelo em episódio da nona temporada de Walking Dead - Imagens: Divulgação/AMC

A atriz britânica Samantha Morton corta o cabelo em episódio da nona temporada de Walking Dead

JOÃO DA PAZ - Publicado em 17/03/2019, às 06h52

A série The Walking Dead tem um calcanhar de Aquiles. Em oito temporadas, atores do drama zumbi nunca receberam sequer uma indicação ao Emmy, o Oscar da TV. Quem chegou mais perto de espantar a zica foi Jeffrey Dean Morgan, o sanguinário Negan. Esse tabu pode ser quebrado neste ano com a nova vilã, vivida por Samantha Morton.

A atriz britânica de 41 anos chegou com tudo na segunda metade da atual nona temporada. Ela preenche requisitos que agradam aos integrantes da Academia de Televisão norte-americana, organizadora da premiação. Um deles é a total entrega ao papel. Samantha deixou sua vaidade de lado a favor de sua personagem, a cruel Alpha: ela raspou a cabeça e deformou o rosto com maquiagem.

Samantha Morton é a vilã Alpha em The Walking Dead

Outro fator que lhe ajuda é ter o reconhecimento de outras premiações. Samantha disputou duas vezes o Oscar. A primeira como coadjuvante, por Poucas e Boas (1999, de Woody Allen), e a segunda como protagonista, por Terra de Sonhos (2002).

Fora isso, a atriz já concorreu a um Emmy pelo telefilme Longford (2006), que lhe rendeu um Globo de Ouro, e a um Bafta pelo longa Controle: A História de Ian Curtis (2007).

Com aparições em quatro episódios na nova fase de Walking Dead, Samantha já tem três episódios que podem colocá-la no Emmy, já que em seu primeiro capítulo ela só apareceu nos segundos finais.

Em Omega (décimo episódio da nona temporada), a atriz teve a oportunidade de mostrar seu talento durante a transformação de sua personagem, que antes do apocalipse zumbi era uma mulher comum, mas virou alguém capaz de matar o próprio marido a sangue frio. Nascia ali Alpha, futura líder dos Sussurradores.

No capítulo seguinte (Bounty), o telespectador viu Alpha em sua forma mais animalesca. De frente para a Colônia Hilltop, enquanto negociava o resgate de sua filha Lydia (Cassady McClincy), presa na comunidade, a vilã não pensou duas vezes ao permitir que uma criança fosse devorada por zumbis, pois o choro dela estava atraindo os mortos-vivos. "Seleção natural", justificou. Ao receber Lydia de volta, Alpha recepcionou a garota com um tapa na cara.

Há duas semanas, foi ao ar o episódio mais forte de Samantha. Em Guardians, Alpha teve de lidar com uma crise dentro de seu grupo. Um casal questionou a liderança da vilã e o motim foi resolvido da forma mais brutal.

Alpha simplesmente decapitou a mulher, interpretada por Allie McCulloch, usando um fio. A vilã entregou a cabeça para o parceiro da morta, e ele começou a chorar. Alpha disse que chorar é para os fracos e o esfaqueou no estômago.

Allie McCulloch durou pouco em Walking Dead; sua personagem perdeu a cabeça, literalmente


Coadjuvante no Emmy

Para entrar no Emmy, o próprio ator/atriz tem de se inscrever, pagando uma taxa, inclusive. É ele/ela quem escolhe o episódio pelo qual acha ter mais chances de ser indicado ao prêmio. Apostar em Guardians, até o momento, parece ser a melhor opção para Samantha.

A atriz concorrerá como coadjuvante, uma categoria totalmente aberta, pois seis das sete indicadas no ano passado não estarão na disputa. Cinco delas são atrizes de séries que terão novas temporadas lançadas após o período de inscrição da cerimônia deste ano: The Handmaid's Tale, Stranger Things e Westworld. Isso aumenta as chances de Samantha ser lembrada pelos votantes.

Por outro lado, dependendo do desempenho de Game of Thrones na oitava e última temporada, três atrizes do drama fantasioso da HBO entrarão na parada com força: Lena Headey, Sophie Turner e Maisie Williams. Emilia Clarke deve se inscrever como protagonista, como já fez no ano passado.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook