Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

No Prime Video

American Gods é renovada; produtor de Walking Dead é novo showrunner

Reprodução/Starz

Ricky Whittle no primeiro episódio da segunda temporada de American Gods, disponível no Prime Video - Reprodução/Starz

Ricky Whittle no primeiro episódio da segunda temporada de American Gods, disponível no Prime Video

REDAÇÃO

Publicado em 15/3/2019 - 19h03

O canal Starz renovou American Gods para a terceira temporada. Disponível no Brasil no Prime Video, plataforma de streaming da Amazon, o drama fantasioso terá um novo showrunner, aquele que comanda toda a produção. Charles Eglee irá chefiar a nova leva de episódios. Ele tem vasta experiência na TV e já foi produtor de Walking Dead.

American Gods é muito peculiar. Tem uma história interessante em mãos, baseada em um livro homônimo no qual deuses antigos entram em guerra com divindades modernas. Porém, falta graxa na execução, principalmente por turbulências nos bastidores. Eglee será o quarto showrunner da atração em três anos.

Isso afeta diretamente a história, pois cada um dos comandantes tenta implementar um estilo próprio, muitas vezes ignorando o que foi feito anteriormente (similar ao que se vê no mundo do futebol, quando um time troca de técnicos constantemente).

A mudança para o segundo ano ainda provocou um desfalque no elenco, que afetou diretamente a história. Bryan Fuller e Michael Green deixaram o posto de showrunners após a primeira temporada, e a atriz Kristin Chenoweth, escalada por Fuller, decidiu deixar a série em solidariedade ao colega.

O detalhe é que a personagem de Kristin é a deusa Easter, fundamental para a trama, tanto na série quanto no livro em que a atração foi baseada.

Assim, a segunda temporada, liderada por Jesse Alexander, ficou com um enorme furo no roteiro. Neil Gaiman, autor da obra, disse que a adaptação da TV irá resolver esse problema da ausência de Easter, cedo ou tarde.

Mas há coisas boas na segunda temporada de American Gods, que estreou na última segunda-feira (11) no Prime Video (um novo episódio por semana). Criticada por ser uma série difícil de se acompanhar, que deixa até o protagonista confuso, American Gods está mais didática. A tendência é que o fã se perca menos na mirabolante jornada dos personagens.

Eglee terá a missão de continuar nessa toada. Ele já foi showrruner de Hemlock Grove (2013-2015), na Netflix, e escreveu roteiros e foi produtor de Dexter (2006-2013) e The Shield (2002-2008).

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?