NA NETFLIX

Atrizes fazem paralelo de futuro devastador de 3% com Brasil de Bolsonaro

Fotos: Pedro Saad/Netflix

Cynthia Senek (Glória) e Bianca Comparato (Michele) na terceira temporada de 3%: devastação - Fotos: Pedro Saad/Netflix

Cynthia Senek (Glória) e Bianca Comparato (Michele) na terceira temporada de 3%: devastação

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 07/06/2019, às 05h50

Situada em um futuro distópico, no qual 97% da população mora em um Continente devastado e poucos privilegiados têm direito a uma vida boa, a série 3% retorna à Netflix nesta sexta (7) com uma nova temporada. Mas o cenário pessimista da atração levou parte do elenco a fazer paralelos entre a ficção e o Brasil governado por Jair Bolsonaro.

Para Vaneza Oliveira, grande revelação do seriado, a trajetória de sua personagem tem tudo a ver com o panorama nacional. "A Joana passou a segunda temporada toda na militância, com a empolgação de mudar o mundo. E aí ela é derrotada, que é bem a situação política que nós vivemos hoje. O senso de justiça, de fazer o correto, não valeu de nada. O que podemos fazer depois dessa derrota?", questiona ela.

Como a terceira temporada de 3% foi escrita antes da eleição de Bolsonaro, os roteiristas não buscaram inspiração explícita na política brasileira para desenrolar os oito novos episódios da história. Isso impressionou ainda mais os atores envolvidos.

"Eu acho que o Pedro Aguilera [criador da série] e seus colaboradores têm uma bola de cristal, ou uma mesa branca. É uma coisa assustadora", conta Laila Garin, que interpreta a vilã Marcela. "Eu estava lendo um dos roteiros, liguei para ele e falei: 'Pare! Olhe bem o que você vai prever porque está acontecendo cada coisa...'. É curioso acompanhar o quanto o contexto da narrativa evolui ao longo da série."

A terceira temporada de 3% também conta com outra infeliz coincidência: as cenas no Maralto, lugar privilegiado onde apenas as pessoas aprovadas no Processo podem viver, foram rodadas no Instituto Inhotim, na região de Brumadinho, devastada pelo rompimento de barragem em 25 de janeiro.

Vaneza Oliveira vive Joana em cena da nova temporada: quis mudar o mundo e saiu derrotada


De olho no Homem-Aranha

Depois dos acontecimentos da segunda temporada, os novos episódios vão mostrar Michele (Bianca Comparato) à frente da Concha, uma alternativa ao rico Maralto e ao devastado Continente. A história avança um ano para mostrar que a região virou um lugar onde todos são bem-vindos, independentemente de seu resultado no Processo.

E, embora os paralelos políticos sejam um mero acaso do destino, a inspiração de uma das atrizes em um famoso personagem dos quadrinhos é mais do que explícita. Bianca Comparato, que vive a protagonista Michele, foi buscar nos filmes do Homem-Aranha o mantra de sua personagem para a nova fase.

"Acho que a frase que define a Michele na terceira temporada é 'com grandes poderes vêm grandes responsabilidades' [dita por Ben Parker, tio do herói nova-iorquino]. Ela vai jovem e inocente para o poder, mas se depara com o tamanho da responsabilidade. Passa até a rever pessoas poderosas que ela criticou no passado, porque ela se vê na mesma posição e entende que às vezes é inevitável tomar uma decisão que na cabeça dela parece errada", adianta a atriz, que diz que os novos episódios vão ser um tapa na cara de sua personagem.

O elenco fixo de 3% conta ainda com Rodolfo Valente (Rafael), Bruno Fagundes (André), Thais Lago (Elisa), Cynthia Senek (Glória) e Rafael Lozano (Marco). Confira o trailer da nova temporada:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook