Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DANIEL DE OLIVEIRA

Ator encarna 'amor que era um inferno' de Hebe Camargo em série

FÁBIO ROCHA/TV GLOBO

Os atores Valentina Herszage e Daniel de Oliveira caracterizados como Hebe Camargo e Luís Ramos posam em frente a um automóvel com os cabelos bagunçados pelo vento em cena de Hebe

Hebe Camargo (Valentina Herszage) e Luís Ramos (Daniel de Oliveira) em Hebe: romance conturbado

REDAÇÃO

Publicado em 11/8/2020 - 13h49

Daniel de Oliveira dará as caras no episódio desta quinta (13) de Hebe como a primeiro e mais escandaloso caso da apresentadora. O ator será Luís Ramos, ex-diretor da Rádio Excelsior que engatou um romance proibido com a loira por já ser casado --a própria Hebe Camargo definia o relacionamento como "um amor que era um inferno".

"Os dois tiveram uma relação conturbada, mas de muita paixão. Na época, além da diferença de idade entre os dois, ela ainda estava no começo de sua trajetória, e Luís já fazia parte da comunicação brasileira por meio de rádio e jornais", explica o intérprete em comunicado enviado à imprensa.

O galã rodou a maior parte de suas cenas ao lado de Valentina Herszage, que interpreta a artista durante os eventos de sua juventude. "Uma grande parceira de cena. Muito dedicada e estudiosa. Assim como Andréa Beltrão. As duas brilham na série", elogia Oliveira.

Na época, seu personagem era um dos homens mais influentes do Brasil e foi um dos responsáveis por alçar Hebe ao estrelato. "Um papel muito interessante. O fato de ser um homem de grande influência social na época e de trabalhar na comunicação me chamou a atenção", pontua.

Para compor o seu trabalho, Daniel leu a biografia da comunicadora, além de contar com as suas memórias afetivas que datam no início dos anos 1980. "Minha tia Terezinha e minha madrinha Lourdes não perdiam um programa. E, sempre que eu estava por lá, acabava assistindo também", entrega.

Ele ainda destaca que contar a história de Hebe é também um grande homenagem à televisão brasileira. "Uma mulher à frente de um canal de TV naquela época teria que ter a força e a coragem de uma verdadeira leoa. Ela tem seu lugar na história dos grandes e mais populares apresentadores", pondera o mineiro.

Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?