O Outro Lado do Paraíso

Sem vergonha de melodrama, Walcyr Carrasco rebate críticos: 'Não entenderam'

Rogério Fernandes/TV Globo

O autor de O Outro Lado do Paraíso, Walcyr Carrasco, faz balanço sobre sua novela - Rogério Fernandes/TV Globo

O autor de O Outro Lado do Paraíso, Walcyr Carrasco, faz balanço sobre sua novela

REDAÇÃO - Publicado em 11/05/2018, às 12h40

Autor de O Outro Lado do Paraíso, Walcyr Carrasco esperou até o último capítulo para rebater a enxurrada de críticas que recebeu. Ele afirma que muitos especialistas em novelas não entenderam que a trama retomou uma estrutura antiga, "o melodrama tradicional, sem vergonha de ser". Em seu balanço, o novelista destaca a falta de vaidade de Fernanda Montenegro ao fazer uma rezadeira com cenas fora da realidade.

"Surgiram os temas modernos, como violência à mulher e abuso sexual. Mas sempre dentro de uma estrutura ágil, rápida, como exige o folhetim. Os acontecimentos se sucederam, inclusive com situações declaradamente fantasiosas. Alguns críticos não entenderam isso, pois procuraram realismo em uma novela que nunca quis ser realista", declara Carrasco. 

Ele lembra que nunca escondeu que a novela das nove foi inspirada em O Conde de Montecristo, de Alexandre Dumas. "Um clássico, escrito inicialmente de forma folhetinesca", disse o autor, em entrevista ao site oficial da trama.

O Outro Lado do Paraíso já empatou no Ibope da Grande São Paulo com Avenida Brasil, com 38,6 pontos de média até o capítulo 171 (o de quarta-feira), tornando-se a novela mais vista desde o sucesso de João Emanuel Carneiro em 2012.

Sobre a boa audiência, ele diz que isso precisa ser atribuído ao trabalho de toda a equipe, que contou grandes nomes da dramaturgia brasileira.

"A atuação impressionante de alguns atores me marcou. Fernanda Montenegro, despida de qualquer vaidade, Marieta Severo que entrou fundo na personagem, Lima Duarte, Bianca Bin, Sérgio Guizé, Rafael Cardoso e Thiago Fragoso. Todos eles são atores maravilhosos", comenta o novelista.

Ele também elogiou os trabalhos do ator português Pedro Carvalho, como o cego Amaro, e de Bruno Montaleone, que entrou quase no final da novela e conquistou espaço na história. "Será sem dúvida um protagonista", diz.

Carrasco vai tirar férias e se preparapar para escrever um livro, mas ele ainda não revela nada sobre o seu novo projeto.

 


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Como você acha que Rick vai sair de Walking Dead?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook