Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

NOME MORTO

Remake de Renascer mexe na trama original para impedir violência contra Buba

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gabriela Medeiros caracterizada como Buba em cena de Renascer

Buba (Gabriela Medeiros) em Renascer; remake evitou revelar 'nome morto' de personagem

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 27/2/2024 - 21h41
Atualizado em 27/2/2024 - 21h42

Bruno Luperi mais uma vez mexeu no texto original do avô, Benedito Ruy Barbosa, para adaptar a história de Renascer aos tempos atuais. Ao contrário de 1993, a novela das nove da Globo não abordou de maneira cômica o "nome morto" --nome de registro ou outra alcunha anterior de uma pessoa trans-- de Buba (Gabriela Medeiros).

Na primeira versão, Buba (Maria Luisa Mendonça) caía na gargalhada ao revelar como se chamava no registro para José Venâncio, então interpretado por Taumaturgo Ferreira. O remake já tinha promovido uma mudança importante no perfil da personagem, que deixou de ser intersexo para se transformar em uma mulher trans.

Ao contrário de três décadas atrás, hoje já há o entendimento de que é uma violência chamar uma pessoa transexual pelo seu nome morto. A Buba de 2023, por exemplo, deixou claro para Venâncio (Rodrigo Simas) que deve ser chamada unicamente por Isabela.

"A sensação que eu tenho é que eu sou um livro aberto enquanto você é uma caixinha de surpresas", reclamou o publicitário. "Eu não sei nem o seu nome", acrescentou.

"Meu nome é Isabella", emendou a personagem de Gabriela Medeiros. "O seu nome de verdade", insistiu o filho de José Inocêncio (Marcos Palmeira). "Não tem nome de verdade", continuou a psicóloga.

"Antes, o seu nome de antes", continuou o sócio de Eriberto (Pedro Neschling). "Não existe", devolveu ela, que se irritou com a insistência de Venâncio.

"Para mim, existe. Eu não sei quem são os seus pais, não sei nada. Estou cansado de sempre me privar, pisar em ovos, sem saber o que vou falar de errado", disparou ele.

"Eu não vou reviver essa dor. Para criar intimidade, você não precisa desenterrar os fantasmas do meu passado", complementou Buba, que ainda foi além:

É diferente porque você nunca foi uma aberração para sua família. É diferente por que o seu 'painho' chamou para fazer partilha do que era seu. Os meus me expulsaram aos 16 anos para fingir que eu não existo. Intimidade é olhar no fundo dos seus olhos e dizer: eu te amo. Agora, revistar o meu passado é cruel demais.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 12 a 27/4

Sexta, 12/4 (Capítulo 71)
Eliana ensina estratégias para Mariana. As duas conversam e Inácia estranha a proximidade das duas. Egídio comenta com Marçal que vai demitir funcionários da sua fazenda. Eliana bajula José Inocêncio. Lu chama a atenção de Zinha ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.