Novela das nove

O Outro Lado do Paraíso: No tribunal, Gael assume que espancou Clara

Reprodução/TV Globo

Sergio Guizé (Gael) em O Outro Lado do Paraíso; playboy fará discurso contra violência doméstica - Reprodução/TV Globo

Sergio Guizé (Gael) em O Outro Lado do Paraíso; playboy fará discurso contra violência doméstica

REDAÇÃO - Publicado em 23/04/2018, às 06h21

Gael (Sergio Guizé) dará um testemunho para incriminar Sophia (Marieta Severo) e assumirá, nos últimos capítulos de O Outro Lado do Paraíso, que espancou Clara (Bianca Bin). O playboy fará um discurso emocionado sobre violência doméstica e assumirá diante de todos a culpa por seus atos, indicando que ele e a mocinha poderão terminar a história separados.

Quando a sequência for exibida, a vingativa já terá reatado com Patrick (Thiago Fragoso) e aceitado se casar. O casal, inclusive, terá sua primeira noite de sexo.

O filho da Mãos de Tesoura, que vem se redimindo desde que descobriu ter sido espancado na infância, vai ser uma das testemunhas de acusação no julgamento da assassina. Sophia (Marieta Severo) terá um AVC (Acidente Vascular Cerebral) na penúltima semana.

Por isso, o julgamento da vilã será suspenso. Ela voltará ao banco dos réus no capítulo do dia 10 de maio, o penúltimo, e fará de tudo para sair livre. Seu advogado alegará até que Gael se uniu a Clara em um complô para ficar com as esmeraldas.

O personagem de Sergio Guizé relatará que começou a desconfiar da mãe quando descobriu que ela foi capaz de internar sua ex-mulher em um hospício e manter suas mentiras durante dez anos. Ele falará também da descoberta da encomenda da morte do delegado pedófilo antes de revelar como descobriu os assassinatos a tesouradas.

"Assim, aos poucos, eu comecei a descobrir quem era minha mãe. Quando eu era menino, minha mãe me espancava. Eu amava minha mãe e de um jeito torto, cresci misturando o espancamento com afeto", começara ele.

"Dona Mercedes [Fernanda Montenegro] me fez enxergar isso, não faz muito tempo. Mas o fato é que me tornei espancador. Bati em minha primeira mulher, em minhas namoradas, e na Clara", relatará o irmão de Lívia (Grazi Massafera).

Ele assumirá que é culpado pelo que fez à ex-mulher. "Minha mãe me manipulava, e eu batia ainda mais na Clara por causa das esmeraldas. Mas, sabem, isso não tira minha responsabilidde. Eu já era adulto, podia ter pensado, refletido. Eu era e sou responsável pelos meus próprios atos. Eu perdi a Clara e hoje sei que sou o responsável por isso", vai declarar.

Gael continuará e, então, dará a pista de que Clara terminará a novela com Patrick. "Um homem que bate em mulher não merece o amor que ela dá. E depois que um amor se quebra, é como vidro, espatifa, não conserta mais. Eu daria tudo no mundo pra voltar atrás. Eu espanquei a Clara. Amo ela ainda. Mas perdi a Clara, e não vou culpar minha mãe por isso. Eu já era dono de mim. Dono destas mãos, estas mãos aqui que bateram na mulher que eu mais amei na minha vida", dirá ele, com lágrimas nos olhos e extremamente emocionado.

O playboy afirmará ainda que não tem como provar que a mãe é uma serial killer, mas pedirá sua condenação para que ninguém mais seja vítima de suas tesouradas e de sua ganância desmedida em O Outro Lado do Paraíso.


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook