Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

MUDANÇA DE ROTA

Novela Renascer: Pastor dá pista de como salvará Tião de desfecho trágico

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Irandhir Santos está em cena na novela Renascer, da Globo, como o personagem Tião Galinha

Tião (Irandhir Santos) em cena de Renascer: personagem encontra novo propósito em ação solidária

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 12/6/2024 - 15h30

O remake de Renascer está se descolando da versão original da novela. Entre os desfechos que mudarão está o de Tião Galinha (Irandhir Santos). Em 1993, o personagem se enforcou na cadeia --cena considerada pesada para ser exibida nos dias de hoje. O desfecho trágico foi estudado pelo autor Bruno Luperi com afinco.

Nos bastidores, cogita-se que o novelista traga um final inédito para o peão, assim como acontecerá com mulher, Joana (Alice Carvalho), que viverá um romance homoafetivo com Zinha (Samantha Jones). As duas já estão se apaixonando nas cenas delas que estão indo ao ar.

Algumas pistas da mudança de rota na trajetória de Tião começaram ao ir ao ar nos próximos capítulos. Tião está buscando um ofício e se envergonha de viver às custas da mulher, que trabalha como cozinheira no casarão de Rachid (Almir Sater), onde funciona o forrobodó da trama.

Ele já começou a ouvir os conselhos do pastor Lívio (Breno da Matta) e a estudar a Bíblia. Entre os capítulos de sexta (14) e sábado (15), ele visitará o acampamento dos sem-terra. Lá, ele conhecerá uma mulher chamada Dalva (nome da atriz não foi divulgado) que o fará ver um sentido novo para sua vida: buscar um propósito que beneficie todos. 

A principal pista será dada por essa mulher, que falará que Tião deveria ser pastor. Ela o chamará de pastor porque o verá falando dos ensinamentos de Deus, além da generosidade em ajudar as família do assentamento sem ganhar nada em troca. 

Ação solidária na novela

Tudo começará com Tião triste por ter acabado o trabalho de pintar a escola. Lívio o levará para um acampamento à beira da estrada, onde estirará uma lona e colocará material para construção em cima.

O pastor explicará que de tempos em tempos, os jagunços dos fazendeiros destroem as moradias improvisadas com medo de que os moradores dali pulem as cercas e se apossem das terras deles. 

Lívio dará uma pequena aula sobre reforma agrária ao seu discípulo, que colocará a mão na massa para reerguer as barracas. No final dos trabalhos, Dalva servirá o que Tião chamará de "verdadeiro banquete". 

"E num é que dêmo um jeitcho ni tudo?", soltará Tião, sorrindo, satisfeito com sua contribuição. "Pelo menos por enquanto...", comentará o pastor. "Se dirrubarem de novo, nóis levanta tudo ôtra veiz!", declarará Tião. "É realmente incrível o que o povo é capaz de fazer quando se junta, não é?", indagará Lívio.

"Eu mêmo nunca que tinha visto uma coisa dessa! Todo mundo se ajudâno... Se apoiâno... Chega a enche o coração de arguma esperança", falará Tião. "Está nas nuvens, enquanto olha o mutirão que se formou ali só para ajudar", escreveu o autor Bruno Luperi no roteiro. 

Leia também -> Resumo dos próximos capítulos da novela Renascer.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 20/7 e 3/8

Sábado, 20/7 (Capítulo 156)
José Inocêncio pede a Kika e Bento para libertarem Tião da prisão. Kika acusa o delegado Nórcia de abuso de autoridade e intolerância religiosa ao prender Tião. Mariana deixa a casa de Egídio por causa de ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.