Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BACTÉRIA MORTAL

Nos Tempos do Imperador: Epidemia de cólera existiu e matou no Brasil até 2004

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gabriela Medevedovski leva um pano à boca diante de um leito hospitalar como a Pilar em cena de Nos Tempos do Imperador

Pilar (Gabriela Medvedovski) cuida de doentes com cólera em Nos Tempos do Imperador

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 7/12/2021 - 17h26

O esforço de Pilar (Gabriela Medvedovski) para combater uma epidemia de cólera no Brasil não é uma licença poética de Nos Tempos do Imperador. A bactéria realmente chegou ao país durante o Segundo Reinado (1840-1889) e fez vítimas durante quase dois séculos. A doença ainda matava brasileiros em 2004, e o último caso foi registrado em 2005.

Os autores Alessandro Marson e Thereza Falcão misturam realidade e ficção para fazer uma analogia entre a cólera e a Covid-19 na novela das seis da Globo. As enfermidades foram responsáveis pelas mais violentas pandemias já registradas no mundo contemporâneo, com registros de milhões de mortos.

A protagonista interpretada por Gabriela Medvedovski batalha contra um inimigo invisível que já havia deixado mortos desde a Índia, passando pela Rússia e se espalhando principalmente em centros urbanos como Paris e Londres, na Europa.

Pilar, na verdade, lida já com a terceira onda das sete de cólera que devastaram o mundo desde o início do século 19. O vibrião colérico chegou ao Brasil entre 1854 e 1855, depois de causar estragos em diversos países da América Latina, como Cuba, Venezuela, Colômbia e Peru.

As vítimas não eram exatamente nobres como Batista (Ernani Moraes) ou Luísa (Mariana Ximenes). A maior parte dos que morriam com cólera eram escravizados, que viviam em condições precárias e com quase nenhum acesso ao sistema de saúde.

A diferença no número de casos e mortos entre nobres e escravos era gritante, como o surto que apavorou a vila de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro. Segundo documentos da época, a localidade registrou 328 mortos, dos quais 54 eram pessoas livres e 266 eram escravizados.

A história de Pilar, inclusive, é inspirada em um dos médicos que mais se preocupou com a saúde pública na corte durante os tempos do cólera. José Pereira Rego (1816-1892), o barão do Lavradio, que se debruçou não só sobre o cólera, mas também pesquisou os constantes surtos de febre amarela.

Em uma cama, o ator Ernani Mores como Batista está com expressão de surpresa em cena de Nos Tempos do Imperador

Batista (Ernani Moraes): vítima do cólera

O que é cólera?

Cólera é uma infecção no intestino delgado causada pelo vibrião colérico, que causa principalmente diarreia, cãibras e desidratação severa. Alguns doentes chegam a ficar com a pele azulada e afundamento dos olhos por conta da perda de líquidos. A bactéria é transmitida por água e alimentos contaminados por fezes humanas.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a última epidemia de cólera no Brasil teve início em 1991 e, até 2004, foram registrados 168.646 contaminações e 2.035 mortes. Os últimos casos foram identificados em 2005, todos no Estado de Pernambuco.

O país não tem transmissão comunitária de cólera desde 2006, mas já notificou três casos importados desde então –um vindo da Angola (2006), um da República Dominicana (2011) e um de Moçambique (2016).


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#84 - O que aconteceu com Alex em Verdades Secretas 2?" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 26/1 a 5/2

Quarta, 26/1 (Capítulo 147)
Tonico planeja derrotar Pedro. Todos comemoram que a guerra está quase no fim. Pilar reencontra Ana Néri. Celestina pede que Nélio a represente contra Tonico no pedido de reabertura do inquérito da morte de Nino. Guebo ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
BBB 22: Luciano sabota sonho da fama e se frustra com número de seguidoresFinal de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca Record

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas