Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PAULO E ROSANA

Malhação Sonhos nasceu de perrengue de autores em temporal; entenda

SERGIO ZALIS/TV GLOBO

Rosane Svartman e Paulo Halm em foto de divulgação: sentada, Rosane usa camisa roxa, cabelos solto; em pé Paulo está de camiseta cinza, moletom vermelho e calça azul clara

Rosane Svartman e Paulo Halm em foto de divulgação: autores passaram por chuva forte

DANIELE AMORIM

daniele.amorim@noticiasdatv.com

Publicado em 18/1/2021 - 18h06

Malhação Sonhos (2014) volta às tardes da Globo na próxima segunda (25) com a história de um grupo de jovens que se supera em busca de realizar suas ambições. A trama, no entanto, nasceu em um cenário que destoa dos corredores da escola de artes Ribalta ou da academia de artes marciais de Gael (Eriberto Leão) --a ideia surgiu durante uma tempestade.

Os autores Rosane Svartman e Paulo Halm revelam que a trama nasceu no meio da avenida Oscar Niemeyer, no Rio de Janeiro. Presos em um engarrafamento e certos de que algo iria acontecer naquela enxurrada, a dupla começou a pensar em como tirar do papel a nova trama de Malhação. A missão foi uma encomenda da emissora para a dupla de roteiristas.

"E, se a gente fizesse um musical? Que falasse de sonhos e se a gente usasse a arte como metáfora para alcançá-los?", relembrou a autora Rosane Svartman durante entrevista virtual que concedeu à imprensa virtulamente nesta segunda (18).

Ela também comentou que teve inspiração em uma experiência pessoal para criar um dos núcleos. "Também tinha entrado para o Muay Thai, e eu estava muito nervosa achando que a gente ia morrer. Já o Pepê [Paulo Halm] é supertranquilo", continuou a falar roteirista, aos risos.

Ela só se deu conta de que os dois tinham a história de Malhação ao chegar em casa em segurança depois do perrengue no dilúvio. "Mas também não foi o trânsito, a chuva e o medo que fizeram a ideia surgir. A gente já estava pensando nisso em falar de sonhos", ponderou a autora.

Embasamento clássico

O argumento foi comprado por Halm prontamente, mas o autor sabia que faltava algo para amarrar a narrativa sobre sonhos. Assim, a dupla pensou nos argumentos apresentados nos clássicos do dramaturgo inglês William Shakespeare (1564-1616).

A Megera Indomada, por exemplo, inspirou o relacionamento de Karina (Isabella Santoni) e Pedro (Rafa Vitti). A peça As Cigarras e As Formigas, de Maria Clara Machado --uma famosa adaptação do título shakespeariano de Romeu e Julieta-- deu o tom da disputa entre os alunos da escola de artes de Nando (Leo Jaime) e os atletas da academia de artes marciais de Gael.

"Juntamos a fome com a vontade de comer", finalizou Halm. A reprise de Malhação Sonhos substitui Malhação - Viva a Diferença, que exibe o último episídio na sexta (22). 


Últimas de Malhação


Resumos Semanais

Resumo da novela Malhação: Capítulos de 2 a 12 de março

Terça, 2/3 (Capítulo 27)
BB tenta se desvencilhar de Cobra. Encorajada por Jeff, Mari consegue se apresentar. Edgard convida René para lecionar na Ribalta. Lucrécia e Dandara apoiam BB, que pensa em denunciar o assédio de Cobra. René confidencia a ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?