Crise das nove

Insatisfeita, cúpula da Globo encomenda mudanças em Velho Chico

Fotos Caiuá Franco/TV Globo

Antonio Fagundes em cena de Velho Chico; figurino não combina com coronel - Fotos Caiuá Franco/TV Globo

Antonio Fagundes em cena de Velho Chico; figurino não combina com coronel

DANIEL CASTRO - Publicado em 20/04/2016, às 05h32

Insatisfeita com a nova fase de Velho Chico, a cúpula da Globo está negociando com o diretor artístico da novela das nove uma série de mudanças. Os executivos da emissora encomendaram a Luiz Fernando Carvalho alterações nas caracterizações de Antonio Fagundes e Christiane Torloni e nos figurinos de quase todos os personagens. Querem também ajustes que deixem a novela de fato contemporânea e com um ritmo menos lento. Dos autores, pediram mais romance na história.

Pesquisas feitas com grupos de telespectadores mostram que o público está rejeitando não apenas caracterizações como a do Afrânio de Antonio Fagundes, mas também outros aspectos da produção. Para agravar a situação de Velho Chico, a coautora Edmara Barbosa deixou a novela, relata a jornalista Lígia Mesquita em sua coluna na Folha de S.Paulo nesta quarta (aqui, para assinantes). Edmara vinha tendo atritos com o autor principal, Benedito Ruy Barbosa, seu pai.

Apesar do cenário, Luiz Fernando Carvalho vem resistindo às tentativas de mudanças. Por enquanto, a cúpula da Globo vem tentando convencê-lo de que alterações em sua concepção artística são necessárias, ainda sem impô-las.

Camila Pitanga: ninguém se veste assim no Nordeste

Os executivos que comandam a área artística da Globo têm usado como argumento justamente o estranhamento do público. Dizem que a maioria dos telespectadores não entenderam a proposta, por exemplo, do figurino de Antonio Fagundes, todo colorido, fabulesco, afinal ninguém (muito menos um coronel do sertão) usa uma roupa como a de Afrânio nos dias de hoje. O mesmo vale para os figurinos de Iolanda (Christiane Torloni), de Tereza (Camila Pitanga), do deputado Carlos Eduardo (Marcelo Serrado), de Encarnação (Selma Egrei) e para os turbantes que transformam as empregadas domésticas em escravas do século 17. Tudo isso, argumentam, descaracteriza Velho Chico como uma trama contemporânea, a deixa fora de época e de localização (Nordeste).

No roteiro, a nova fase da novela das nove traz um excesso de engajamento ecológico e político em detrimento do romance. Os personagens surgiram na semana passada amargurados, presos ao passado. Falta um casal para o público torcer. O romance proibido de Tereza e Santo (Domingos Montagner) ainda vai demorar algumas semanas para ressurgir caso os capítulos não sofram alterações.

A cúpula da Globo teme que os problemas afetem a audiência de Velho Chico. Por enquanto, a trama vem resistindo à contra-ofensiva bíblica da Record. Mas o ibope, na casa dos 30 pontos, poderia ser bem melhor, acima de 35. Em muitos dias, a novela das nove tem rendido menos do que as das seis e das sete. Sinal inequívoco de que algo está errado.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro


Confira cinco reportagens especiais sobre Velho Chico:

Novela para conservadores: "sem sacanagem", disse o autor
Modelo perdeu virgindade com Rodrigo Santoro
Símbolo de crise na Globo, peruca de Antonio Fagundes ganhou tintura
Em ataque de fúria, Tereza deu uma surra em Luzia
Na novela, personagem de Montagner se salvou após sumir no rio

Últimas de Velho Chico

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook