Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BELÍSSIMA

Há 15 anos, Fernanda Montenegro morreu, ressuscitou e pegou novinho em novela

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Cauã Reymond abraça a atriz Fernanda Montenegro pelo ombro, os dois com roupões e taças de champanhe

Bia Falcão, personagem de Fernanda Montenegro, fugiu da polícia e foi embora com Mateus (Cauã Reymond)

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 7/11/2020 - 6h55

A novela Belíssima, que estreou na Globo há exatos 15 anos, ficou muito marcada pela atuação de Fernanda Montenegro. Ela interpretou Bia Falcão, vilã perversa que gerou até um meme, a frase "pobreza pega". A personagem teve trajetória curiosa na história: foi dada como morta, voltou à vida e ainda terminou a novela ao lado de um belo e jovem rapaz.

Bia Falcão foi a grande antagonista da novela de Silvio de Abreu. Uma mulher rica, bem-sucedida nos negócios e chefona da Belíssima, marca de lingeries. Na vida pessoal, no entanto, escondia segredos e detestava parentes, como a neta Júlia (Gloria Pires) e Vitória (Cláudia Abreu), a filha perdida que ela havia rejeitado no passado.

O jeito arrogante e prepotente fazia com que ela tivesse diálogos terrivelmente cruéis e preconceituosos, como quando se recusou a visitar a casa de Vitória por considerar o lugar insalubre e miserável demais. "Pobreza pega! Pega, pega como sarna. Pega! Como um vírus. Entra pela pele, pela respiração", disse. Até hoje a frase é famosa nas redes sociais.

Apesar das maldades, Bia caiu na graça dos telespectadores, mas ainda assim Silvio de Abreu manteve sua decisão de matá-la em um acidente de carro. O veículo dela caiu de um barranco e explodiu, e um cadáver com as joias da megera foi encontrado carbonizado, o que fez com que todos achassem que ela havia morrido.

Porém, meses depois a personagem "ressuscitou". Chegou em sua mansão como se nada fosse e assustou quem a reencontrou. "A senhora está viva, dona Bia? Mas a senhora sumiu esse tempo todo!", disse uma empregada. "Graças a Deus! Foi a melhor coisa que eu já fiz na minha vida", rebateu a vilã. Ela alegou que passou um período de férias isolada em sua casa de campo.

reprodução/TV Globo

Bia aproveitou a companhia de um jovem rapaz

Vilã se deu bem

Na verdade, desde que aceitou atuar em Belíssima, Fernanda Montenegro acertou com Silvio de Abreu que não precisaria se dedicar integralmente à novela. A personagem dela morreu no capítulo 64 e ressuscitou no 163.

"O retorno não estava definitivamente previsto, mas havia a possibilidade. É muito exaustivo fazer novela. É um ano de trabalho e é preciso se aplicar, passar o dia gravando e a madrugada decorando. Sua vida particular acaba", disse Fernanda em entrevista à Folha de S.Paulo em 2006. No período em que ficou afastada, ela aproveitou para viajar a Berlim e a Nova York.

No último capítulo, tanto o público quanto os personagens descobriram todos os golpes de Bia. Ela havia não só forjado sua morte como encomendado a de Vitória e armado para prejudicar a própria neta e se tornar a única dona da Belíssima. Ao ser descoberta, ela tramou uma fuga do Brasil e matou André (Marcello Antony).

Bia foi cercada por policiais em casa, mas ainda assim conseguiu fugir. Ela fingiu passar mal, aproveitou a distração dos oficiais e entrou em seu jatinho rumo a Paris. A vilã terminou a novela em grande estilo, aos beijos com Mateus (Cauã Reymond), que virou seu garoto de programa particular.



Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Lançamentos da semana têm Quem Matou Sara? e documentário de Pink; saiba maisDez anos após o fim de Smallville, veja como está o elenco da sérieDe cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?