Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BOMBA

A Favorita: Criado por cafetina, Halley é chave de crime hediondo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Cauã Reymond em cena de A Favorita: ator está caracterizado como Halley

Halley (Cauã Reymond) em cena de A Favorita: origem do rapaz será desvendada na novela

DANIELE AMORIM

daniele.amorim@noticiasdatv.com

Publicado em 2/6/2022 - 16h30
Atualizado em 30/6/2022 - 13h16

A origem de Halley (Cauã Reymond) é a chave para a descoberta de um grande segredo em A Favorita. O rapaz criado por Cilene (Elizangela) é o filho de Donatela (Claudia Raia) que foi sequestrado na infância. O crime hediondo foi premeditado por Silveirinha (Ary Fontoura). O mordomo raptou o menino para se vingar da dondoca, pois, no passado, ela saiu da dupla sertaneja Faísca e Espoleta para formar uma família com Marcelo (Flavio Tolezani). 

A história do passado do jovem virá à tona nos meses finais da exibição do Vale a Pena Ver de Novo, da Globo. Até lá, Lara (Mariana Ximenes) e Halley se aproximarão romanticamente, e Cilene será contra. A cafetina sabe que o rapaz é o filho de Marcelo e, por isso, os dois são supostamente meio-irmãos. 

Ele se aproximou dela em cenas exibidas recentemente na trama em uma piscina. O rapaz finge que estuda na mesma faculdade que ela. No decorrer do folhetim, Dodi (Murilo Benício) descobrirá a identidade de Halley e sequestrará a personagem vivida por Elizangela.

Ela, no entanto, afirmará ao crápula que escreveu uma carta contando toda a história do rapto de Halley para alguém de sua confiança e que, se algo acontecer com ela, o registro irá parar nos jornais. 

Antes de a cafetina se dar mal, Flora (Patricia Pillar) a ajudará e pedirá para a morena não se preocupar com o parentesco de Halley e Lara. A vilã explicará que sua filha é fruto do seu antigo relacionamento com Dodi e, assim, a dupla não tem laços de sangue. 

Paralelamente, Donatela andará escondida após simular a própria morte. Até lá, ela acabará presa por conta de uma armação da rival e mofará na cadeia por alguns dias. A morena, no entanto, conseguirá forjar seu suicídio com a ajuda de Diva (Giulia Gam) --uma das ex-colegas de cela da protagonista.

As semanas vão se passar, e Zé Bob (Carmo Della Vecchia) procurará o paradeiro de Diva para ter mais explicações sobre o motivo de a personagem de Claudia Raia ter decidido se matar. Cansada de tantas intrigas, a mulher contará ao jornalista que a morena forjou tudo para sair da prisão.

Atordoado, o homem passará a buscar pelo paradeiro de Donatela e conseguirá encontrá-la. O casal se beijará apaixonadamente, e Zé Bob revelará à amada que tem em mãos uma carta escrita por Cilene. A ex-cantora sertaneja lerá o documento e, finalmente, descobrirá que seu filho roubado é Halley. Ela também revelará a todos que o herdeiro não é de Marcelo, mas fruto de um caso que teve com o sogro, Gonçalo (Mauro Mendonça).

Lara ficará com Halley no final, mas o Notícias da TV antecipa que a garota ficará dividida entre ele e Cassiano (Thiago Rodrigues) ao longo de toda a trama escrita por João Emanuel Carneiro.

A Favorita foi exibida no horário das nove da Globo entre junho de 2008 e janeiro de 2009. A trama conta a história da ex-amigas Donatela e Flora e de como um crime abalou a relação delas para sempre. 


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros:

Ouça "#103 - Vale a pena assistir Cara e Coragem? Saiba o que esperar da novela" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em A Favorita e outras novelas.


Últimas de A Favorita

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.