Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEM SAÍDA

Êta Mundo Bom!: Sandra quebra a cara ao tentar vender fábrica roubada da tia

Reprodução/TV Globo

A atriz Flávia Alessandra com um vestido verde faz uma cara de surpresa durante gravação de cena de Êta Munod Bom!

Flávia Alessandra interpreta Sandra de Êta Mundo Bom!; vilã descobrirá que é acusada de fraude

MÁRCIA PEREIRA

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 18/8/2020 - 4h53

Sandra (Flávia Alessandra) vai quebrar a cara ao tentar vender a sua parte na fábrica de sabonetes em Êta Mundo Bom!. Impedida de fazer retiradas de dinheiro, ela arrumará um empresário disposto a comprar suas ações. No entanto, o homem colocará um advogado para cuidar da transação e descobrirá que a loira é acusada por Anastácia (Eliane Giardini) de tê-la roubado. Ele não vai querer fazer o negócio.

Após Araújo (Flávio Tolezani) revelar a ex-patroa que suas assinaturas foram falsificadas, a ricaça entrará com processo contra a platinada. A vilã ficará uma fera ao descobrir que não pode vender ações da fábrica porque está sendo processada na novela que a Globo exibe no Vale a Pena Ver de Novo.

Ela procurará Anastácia e oferecerá uma fazenda em troca da retirada da ação judicial, mas não adiantará nada. A mãe de Candinho (Sergio Guizé) vai afirmar que só ficará em paz quando colocar a sobrinha na cadeia. 

O maior erro da víbora será levar o comprador à empresa para examinar livros de vendas. "Lembro-me que certa vez numa festa esse senhor disse que queria expandir seus negócios e que se interessava pelos negócios de titia porque mulheres terão sempre vaidade", comentará Sandra com Celso (Rainer Cadete).

Ela ainda baterá boca com o irmão ao tentá-lo convencer a vender sua parte. A essa altura, Celso já terá revelado à megera que passou as ações em seu nome para a tia e virou seu representante. "Pode vir comigo, basta vendermos a parte de tittia, basta você assinar, já que é o representante", falará a loira, que levará um fora do almofadinha arrependido. 

Fraude por falsificação de assinatura

A personagem de Flávia Alessandra irá embora certa de que conseguirá um bom dinheiro com a venda e se mudará com Ernesto (Eriberto Leão) para o exterior. Um tempo depois, o comprador a procurará pessoalmente na mansão para avisá-la de que não fará o negócio porque naquele mesmo dia a fábrica foi envolvida em um processo de contestação judicial bem complicado. 

Acompanhada do "bigodinho", a platinada ficará em choque ao ouvir que ninguém comprará as ações que ela tem da fábrica. "O senhor deseja falar de valores? Eu e Sandra temos pressa", soltará Ernesto, que se apresentará como noivo da loira. 

"Meu advogado foi verificar a situação judicial da fábrica, mas o advogado de sua tia entrou com um processo hoje cedo a alegar que a fábrica não lhe pertence. Segundo ele soube, sua tia lhe acusa de falsificar a assinatura dela. Não posso comprar sua fábrica com um processo a pesar sobre ela. É o que eu tinha a dizer", avisará o comprador (Luca de Castro) no folhetim escrito por Walcyr Carrasco.


Além de acompanhar as notícias de Êta Mundo Bom! aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.


Últimas de Êta Mundo Bom!


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas