Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TERROR DE MÃE

Éramos Seis: Emília castiga Justina por revelar segredo sobre morte do pai

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Susana Vieira, com um vestido preto, sentado em uma cadeira dourada, caracterizada como a Emília em cena de Éramos Seis

Susana Vieira interpreta a vilã Emília no remake de Angela Chaves: megera esconde segredo do passado

DANIEL FARAD

Publicado em 29/1/2020 - 18h00

Emília (Susana Vieira) vai enfiar uma forte dose de calmantes goela abaixo de Justina (Julia Stockler) em Éramos Seis. A megera manterá a menina calada à força depois de sua filha falar demais no decorrer de um surto. Ela levantará suspeitas de Adelaide (Joana de Verona) ao dar indícios de que o pai foi morto por uma arma de fogo.

A jovem, que sofre com um distúrbio mental não diagnosticado pela medicina da época, entrará em pânico com o barulho de disparos durante uma manifestação. Uma das balas, aliás, acertará em cheio o seu primo Carlos (Danilo Mesquita). Ele não resistirá aos ferimentos e acabará morrendo nos braços do irmão Alfredo (Nicolas Prattes).

Após a tragédia, a milionária se oferecerá para arcar com todas as despesas do enterro, a exemplo do que fez na morte de Júlio (Antonio Calloni). "O pior é saber que este crime pode não ser solucionado, as autoridades não estão interessadas em que fez esta barbaridade. Tentei falar com o delegado Gusmões [Stepan Nercessian], disse que vi de onde partiram os tiros", reclamará a feminista.

A personagem de Julia Stockler voltará a se agitar ao ouvir sobre o confronto. "Não gosto de tiros, machucam. Machucaram o nosso pai. Fica com sangue, muito sangue. Tenho medo de tiro que machuca, que machucou meu pai", balbuciará ela, chamando a atenção da irmã.

"Quê? Do que ela está falando? Do nosso pai? Eu nem lembro dele, era tão pequena. Você lembra?", questionará a militante interpretada por Joana de Verona, desconfiada, em cena que será exibida no próximo dia 8 na novela das seis.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Emília (Susana Vieira) e Adelaide (Joana de Verona) em cena do remake de Angela Chaves


Overdose de calmantes

Contra a parede, Emília insistirá na história de que o marido morreu de doença há muito tempo. Ela se apressará em levar a primogênita para a cama, apesar dos protestos de Adelaide para continuar ao lado da irmã. "Outra hora, está nervosa também. As duas", justificará a senhora.

A tia de Lola (Gloria Pires) revirará uma gaveta atrás dos tranquilizantes. "Está falando bobagens, coisas que não lembra direito. Vamos, cadê os seus calmantes? Essa história de tomar, não está bom, não está não", vociferará a vilã interpretada pela atriz Susana Vieira.

Com um vidro de sedativos em mão, a ricaça vai chantagear Justina para fazê-la abrir a boca e engolir todo o remédio. "Não assuste a sua irmã. Ela também tem seus medos, não fale mais de tiros, nem de seu pai. Senão, Adelaide pode ficar triste e zangada conosco. Tão zangada que pode ir embora", inventará.

Assustada, a moça bebará todo o frasco. "Agiu mal, então se acalme. Nunca foi normal, Justina. Não é culpa sua se é assim. Mas sou sua mãe e estou aqui para ajudar você. Me deixe ajudar" afirmará Emília, cheia de segundas intenções, no remake de Angela Chaves.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?