Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

TRAGÉDIA NA FAZENDA

Em Renascer, Inocêncio enterra filho sem deixar Buba se despedir: 'Corpo vazio'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Marcos Palmeira está em cena de Renascer como José Inocêncio

José Inocêncio (Marcos Palmeira) em cena de Renascer: coronel mandará enterrar filho logo

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 20/4/2024 - 6h15

José Venâncio (Rodrigo Simas) será assassinado, velado e enterrado sem que Buba (Gabriela Medeiros) seja avisada sobre a tragédia em Renascer. José Inocêncio (Marcos Palmeira) afirmará a todos que a gravidez dela é de risco e que só depois José Augusto (Renan Monteiro) irá pessoalmente dar a notícia. "Meu filho já se foi, o que fica é um corpo vazio", dirá o coronel na novela das nove da Globo.

Antes disso, o publicitário não terá coragem de contar ao pai que a companheira não está grávida nem mentirá inventando que ela perdeu o bebê, como a psicóloga pediu. Ele ligará para Buba e falará que eles podem sumir no mundo com Teca (Lívia Silva), mas afirmará que não matará o fazendeiro com a verdade sobre o suposto neto.

João Pedro (Juan Paiva) o levará ao aeroporto em seguida. No caminho, uma bala acertará o carro, vidros vão se estilhaçar, e Venâncio será atingido no meio do peito. Egídio (Vladimir Brichta) aparecerá em seguida escondendo a arma do crime no túmulo de seu pai, Firmino (Enrique Diaz). Ele prometerá matar os outros membros da família do inimigo.

Augusto, que é médico, não terá o que fazer. A bala vai perfurar o pulmão do irmão, e ele avisará a todos que Venâncio terá morrido. O corpo será colocado em um caixão e velado na sala do casarão do coronel, mas José Inocêncio não estará presente. Ele passará a noite toda suplicando a Deus para que o filho volte da morte.

No fim do velório, o fazendeiro conversará com Deocleciano (Jackson Antunes) e Augusto. "Se soubesse que a vida tava me reservâno essa peça, num tinha nem voltado de sua casa ou tinha ido antes. Eu num tinha nada que mandado você e teus irmão pra longe, quando o que eu mais queria, o que eu mais precisava em minha vida, era vocês aqui, do meu lado", dirá.

Deocleciano falará que chegou a hora de fechar o caixão e perguntará se o patrão não quer dar adeus ao herdeiro. "Num vô conseguî tampá esse caxão é nunca. É meu filho quem tá aí... Deitado... E eu passei a noite rezâno pra ele se levantá...", balbuciará o coronel, muito emocionado.

Com a voz embargada, o protagonista afirmará que nem o filho vai se levantar do caixão nem ele desse tombo que a vida lhe deu. "Se o senhor quiser, a gente pode segurar o enterro por uns dias...", vai sugerir o médico. "Num tem porque estendê esse sofrimento...", responderá Inocêncio. 

"Daria pra chamá José Bento [Marcello Melo Jr] e dona Buba pra vim se despedî", comentará Deocleciano. Nesse momento, Inocêncio vai assegurar que ali é só um corpo vazio e mandará seguir com os ritos. O corpo do publicitário será enterrado ao lado do da mãe, Maria Santa (Duda Santos), aos pés do jequitibá-rei. No entanto, o coronel não participará da cerimônia. 

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 21/5 a 1º/6

Terça, 21/5 (Capítulo 104)
Dona Patroa demonstra arrependimento de ter voltado para casa. Joana pensa na proposta de indenização de Egídio a Tião. Buba e Augusto ficam juntos. Morena diz a Deocleciano que estranhou o fato de Teca querer morar ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.