Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CONSELHO DE MÃE

Em Pega Pega, Júlio é pressionado a delatar comparsas em roubo: 'Chega de mentira'

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Thiago Martins com expressão de tristeza em cena como Júlio de Pega Pega

Júlio (Thiago Martins) em Pega Pega; garçom receberá conselho de Arlete (Elizabeth Savala)

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 21/9/2021 - 19h20

Júlio (Thiago Martins) se verá pressionado a entregar quem foram seus comparsas no roubo ao Carioca Palace em Pega Pega. Arlete (Elizabeth Savala) decidirá aconselhar o filho após a prisão de Sandra Helena (Nanda Costa) com mais uma parte dos dólares do crime. "Chega de mentira", pedirá a taxista na novela das sete da Globo.

Nas cenas previstas para irem ao ar na sexta-feira (24) no folhetim de Claudia Souto, a irmã de Prazeres (Cristina Pereira) entrará no quarto e encontrará o garçom cabisbaixo.

"Meu filho, chega de mentira. Não dá pra dizer mais que você não sabe quem é que tava envolvido nesse roubo. A Sandra Helena foi presa, o Agnaldo [João Baldasserini] também. Não dá pra dizer que os mascarados que estavam envolvidos no roubo", alegará ela. 

"Eu não quero mais falar sobre isso. Nem com você e nem com ninguém", rebaterá o ex-namorado de Antônia (Vanessa Giácomo). "Só que vai chegar o momento em que você vai ter que dar explicações. Tem que dar. A polícia com certeza já tá te mandando uma outra intimação pra depor na delegacia", avisará a personagem de Elizabeth Savala. Ele, então, afirmará que depois vai pensar no que fazer.

Em seguida, o advogado do rapaz entrará no cômodo. "Fui eu quem chamou o doutor Sidney [Michel Bercovitch] pra vir até aqui. Júlio, a gente vai ter que combinar alguma coisa pra você dizer na delegacia", explicará Arlete. "E você pode começar me contando a verdade. Você sabia que o Agnaldo e a Sandra Helena tavam envolvidos, não sabia?", pressionará o defensor.

Arlete vai aconselhar Júlio na novela

Papo reto

Ao se ver sem saída, o sobrinho de Elza (Nicette Bruno) decidirá procurar  Malagueta (Marcelo Serrado). "A gente precisa conversar", dirá o jovem ao bater na porta do ex-concierge.

"Que você tá fazendo aqui? Se me virem com você, pode pegar pra mim. Me diz o que você quer. Você quer me incriminar?", vai se desesperar o parceiro de Maria Pia (Mariana Santos). "Ninguém pode ligar você ao roubo só porque viram a gente juntos. A gente era amigo, esqueceu?", tranquilizará Júlio.

"Pra todos os efeitos, a gente não é mais. Só não quero ser preso", soltará o assessor de Eric (Mateus Solano). O personagem de Thiago Martins explicará o motivo da visita inesperada:

Mas eu não quero que isso aconteça com você. Eu tô precisando muito conversar com você. O assunto é sério. A minha mãe e meu advogado estão me pressionando. Eles querem que eu abra o jogo e fale tudo que eu sei.

"Você não pode falar de mim. A gente tem um trato", lembrará Malagueta. "Calma, eu sei que a gente combinou que se um caísse não podia entregar o outro. Mas eu realmente não sei o que dizer", vai desabafar o garçom.

Pega Pega (2017) ganhou uma "edição especial" para tapar o buraco deixado após a reta final de Salve-se Quem Puder. Quanto Mais Vida, Melhor, próxima novela inédita da faixa das 19h, foi adiada porque está sendo gravada com protocolos de segurança que tornam o processo de execução mais lento.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Império e outras novelas.


Últimas de Pega Pega


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Elenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreram

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas