Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VINGANÇA OU CASTIGO?

Em Gênesis, José tranca irmãos na prisão e faz Simeão surtar: 'Vai matar cada um'

REPRODUÇÃO/RECORD

Simeão (Igor Cotrim) está com o rosto sujo de terra e aparenta estar com raiva em cena de Gênesis

Simeão (Igor Cotrim) chiará na cadeia após ser preso por José (Juliano Laham) em Gênesis

LUANA BENEDITO

luanab@noticiasdatv.com

Publicado em 5/11/2021 - 15h00

Com o objetivo de dar uma lição nos irmãos, José (Juliano Laham) mandará prender dez deles no calabouço na última semana de Gênesis. Enquanto a maioria dos filhos de Israel (Petrônio Gontijo) demonstrará arrependimento pelo erro do passado, mesmo sem reconhecê-lo nas vestes de governador do Egito, Simeão (Igor Cotrim) irá propor uma rebelião na cadeia. "Vai matar cada um", dirá o malvado, que sempre teve inveja do parente mais novo

Tudo começará quando os filhos homens de Israel, com exceção de Benjamim (Marcos Bessa), partirem para o Egito em busca de comida por causa da seca que atingirá o assentamento do pai em Canaã na novela bíblica da Record. Lá, não demorará muito para o marido de Asenate (Letícia Almeida) dar de cara com os familiares. 

José verá Rúben (Felipe Cunha), Judá (Thiago Rodrigues) e os outros oito irmãos. O ex-escravo se lembrará do sonho em que todos os consanguíneos se curvariam para ele. "Vocês são espiões. Vieram ver a nudez da terra, não foi?", dirá o rejeitado, antes de mandar os parentes para o calabouço. 

Os irmãos do governador ficarão três dias na cadeia sem nenhuma explicação nas cenas previstas para irem ao ar a partir do capítulo de segunda-feira (8). Violento, Simeão irá propor uma rebelião. "Gritar até sermos ouvidos, até que o tal governador saia do seu grande palácio e perceba a injustiça que tá cometendo", reclamará o homem.

"Não é hora pra rebeldia, Simeão. A gente precisa ficar calmo. Não tem nada que a gente possa fazer a não ser esperar", discordará Judá. "A gente tem sido bem cuidado aqui. Vamos ver pelo menos isso como um bom sinal", acrescentará o viúvo de Muriel (Rhaisa Batista). "Bem cuidado?", retrucará o segundo filho de Lia (Ingra Lyberato). 

Irmãos se culpam 

Os irmãos começarão a discutir até que Shareder (Paulo Verlings) surgirá no local para dar a ordem de José. "Se vocês são homens de retidão, que um de vocês fique aqui no cárcere, enquanto os outros vão levar comida para suprir a fome de suas casas. Tragam o tal irmão mais novo para provar que o que disseram é verdade. E assim suas vidas serão poupadas", pedirá o soldado. 

Um novo debate se iniciará entre os irmãos. Simeão será veemente contra um deles ficar na prisão enquanto os outros nove buscam Benjamin no assentamento do pai. "Não concorda com isso, Rúben. É uma armadilha pra matar um de nós", dirá o mau-caráter.

"Isso tudo tá acontecendo pelo que fizemos com o José", opinará Judá, aflito. De longe, o governador se surpreenderá com o que ouvirá, e os irmãos se olharão angustiados ao falarem pela primeira vez sobre o assunto depois de tanto tempo. 

Rúben advertirá: "O tanto que eu disse pra não fazerem nada contra José, mas vocês não me ouviram! Sabe o que é isso agora? O sangue dele tá sendo requerido das nossas mãos". Shareder, porém, interromperá a discussão: "Qual é a resposta de vocês?". 

Gênesis é uma adaptação livre do primeiro livro da Bíblia. O folhetim é dividido em sete fases, e, atualmente, a Record exibe a sétima: José. Além dos spoilers, o Notícias da TV publica o resumo da novela bíblica.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer na trama bíblica e outras novelas.


Últimas de Gênesis


Resumos Semanais

Resumo da novela Gênesis: Capítulo de 22 de novembro

Segunda, 22/11 (Capítulo 220) 
Lúcifer é impedido de invadir festa de Israel. Herit anuncia gravidez a Shereder. Judá se redime por ter vendido José. Asenate chora de felicidade ao lado do governador-geral do Egito. Deus surge em discurso final. Abumani surpreende ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.