ANÁLISE

Descontrolada e hilária, Lídia é melhor vilã involuntária de Amor de Mãe

João Cotta/TV Globo

Érica (Nanda Costa) e Lídia (Malu Galli) se atracam em cena de Amor de Mãe, novela das nove da Globo

Érica (Nanda Costa) e Lídia (Malu Galli) se atracam em pleno salão de beleza na novela Amor de Mãe

RAPHAEL SCIRE - Publicado em 14/12/2019, às 05h35

Mulher descontrolada é um tipo bastante comum na teledramaturgia brasileira. A representante mais emblemática do gênero talvez seja Heloísa (Giulia Gam), de Mulheres Apaixonadas (2003). Mas Lídia (Malu Galli), de Amor de Mãe, acaba de entrar para o clube. Despedaçada após a separação do milionário Raul (Murilo Benício), a socialite vem ganhando ares de vilania involuntária ao movimentar o núcleo no qual está inserida na novela das nove da Globo.

Lídia pode ser vista de duas maneiras: a traída injustiçada, que emprestou o nome da família para que o marido fizesse fortuna enquanto ela levava chifres, ou a chata implicante e amargurada, incapaz de enxergar a vida com um mínimo de leveza e cujo único divertimento parece ser implicar com o ex e com a empregada.

Nas duas leituras, ela transita entre o descontrole emocional e a piedade, sem oscilações de tom. Também é dona das melhores frases da trama, inserindo uma pitada de humor agressivo, e ao mesmo tempo hilário, à história, quebrando assim um pouco a pompa de refinamento que carrega. "Eu caguei para o seu Portinari", disse ela durante uma briga com Raul, ao rasgar sem dó uma obra de arte do pintor paulista, por exemplo.

Boa atriz relegada a papéis coadjuvantes, Malu Galli tem agora uma grande personagem em mãos e sabe aproveitar cada cena. É a melhor criação fora do trio central da novela. Contida e ao mesmo tempo explosiva, Lídia vai de um extremo a outro, e Malu consegue pontuar claramente a vulnerabilidade da personagem.

Ainda que Amor de Mãe queira ser reconhecida como uma novela sem vilões, Lídia cumpre uma cota de pequenas maldades que a aproximam da vilania. A interpretação de Malu, porém, aproxima a madame do público.

Suas ações movimentam a trama de Raul. É ela quem o persegue e arma para que ele seja flagrado em um barraco com outra amante, Estela (Letícia Lima), a quem manipula descaradamente, e ainda usa sua influência para fazer com que Érica (Nanda Costa), atual affair de seu ex, perca o emprego que mal havia conquistado.

Por ser o grande entrave para o romance de Raul e Érica e formar uma contraposição com a maquiadora, Lídia tem grandes chances de sofrer algum tipo de rejeição. Mas a julgar pelo seu perfil no site da novela, a personagem tem tudo para uma grande virada. Ao "dar a volta por cima", como sugere o texto, Lídia vai cumprir um arco dramático que trará profundidade a ela e poderá angariar torcida a seu favor.

Já ficou implícito que ela um dia foi uma pessoa bem mais alegre. Seu advogado e confidente, Miguel (Giulio Lopes), deu a deixa de que no passado a personalidade de Lídia nada tinha a ver com a mulher melancólica que ela aparenta ser hoje em dia.

Há, por fim, o fator maternidade que está prestes a ser inserido em seu contexto, uma vez que o filho vai voltar para o Brasil. A relação com Vinícius (Antonio Benício) também pode humanizar mais um pouco a personagem.

Ainda que tenha uma importância menor na trama, Lídia é, sem dúvida, uma figura a ser notada no time dos coadjuvantes. Sua presença pode trazer um pouco de leveza (muito bem-vinda) ao dramalhão pesado de Amor de Mãe.


Além de acompanhar o resumo de Amor de Mãe aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Amor de Mãe

Resumos semanais

Resumo da novela Amor de Mãe: Capítulo de 21 de março

Sábado, 21/3 (Capítulo 102)
Verena se recusa a voltar para casa com Álvaro. Álvaro conversa com Lucas sobre Verena e Estela. Davi recusa a proposta de Álvaro para fazer as pazes com Benjamim. Raul aconselha Davi a contar para ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook