Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Nos anos 1930

De nobre a devassa: Saiba quem é quem na outra encarnação de Espelho da Vida

Reprodução/TV Globo

André (Emiliano Queiroz) em cena com Cris/Julia Castelo (Vitória Strada) na novela das seis - Reprodução/TV Globo

André (Emiliano Queiroz) em cena com Cris/Julia Castelo (Vitória Strada) na novela das seis

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 3/10/2018 - 6h02

Cris (Vitória Strada) vai descobrir aos poucos que pessoas que fazem parte de sua vida atual também estavam com ela na última encarnação. Em Espelho da Vida, ela verá que tem a mesma mãe e o mesmo pai de Julia e que Alain (João Vicente de Castro) era seu pretendente na década de 1930. Gustavo Bruno era um nobre, o marquês de Alba, com quem seus pais queriam que ela se casasse. Já Margot (Irene Ravache) era uma francesa com má fama por pintar nus de homens e mulheres.

Alinne Moraes, a recalcada Isabel dos dias de hoje, foi Dora Almeida, a melhor amiga e confidente de Julia. A atriz diz que muito da vilania de sua personagem será explicada quando a sua outra vida for mostrada.

"Ela se tornou essa mulher amarga, má e egoísta por conta desse passado em 1930. Posso dizer que quem era bom, ficou ruim. Quem era ruim, ficou bom, e o público vai se surpreender o tempo inteiro. É uma loucura", comenta Alinne.

Alinne Moraes interpreta Isabel e era Dora Almeida na outra vida (Fotos: João Miguel Júnior/TV Globo)

A personagem de Vitória Strada começará a vivenciar tudo o que passou até ser morta no século passado com um tiro no peito. A bala usada pelo assassino foi feita com as alianças dela e de seu grande amor, Danilo Breton (Rafael Cardoso). Ele foi condenado pelo crime, mas teria morrido sem falar o que ocorreu.

Os dois se conheceram porque Julia Castelo sonhava ser pintora e passou a ter aulas com ele.

A partir daí, Cris e o telespectador conhecerão quem são os outros personagens que estão presentes em suas duas vidas. 

Confira quem é quem na outra encarnação da novela das seis:

Alain foi Gustavo Bruno
O marquês de Alba era um jovem atraente e sofisticado. De família aristocrata, estudou na Europa e se apaixonou por Julia Castelo assim que voltou para o Brasil.

Ficou obcecado, capaz de tudo para conquistar a mulher de sua vida. Ele fingia ser amigo de Danilo para "envenenar" a relação dele com Julia. Por causa de uma intriga sua, o casal se separou.

Alain/Gustavo Bruno (João Vicente de Castro

Isabel foi Dora Almeida
Melhor amiga e confidente de Julia, dona de uma beleza que chamava a atenção. Era uma mulher doce e sensível. Ela se apaixonou por Danilo, o que a deixou vulnerável às propostas de Gustavo Bruno para ajudá-lo a separar o casal. Os dois foram aliados em várias armações. 

Ana (Julia Lemmertz) foi Piedade 
Mãe de Cris em 2018, a personagem de Julia Lemmertz também foi
mãe da mocinha no começo do século passado. Ela era casada com Eugênio (Felipe Camargo), que nos dias atuais é o pai biológico de sua filha, mas não faz parte da vida das duas.

Era uma mulher de aparência frágil. Apaixonada pelo marido e pela filha, ela não fazia ideia de que ele tinha outra família. Piedade não aprovava o romance de Julia e Danilo, mas admirava a coragem e a determinação dela por lutar por seu amor.

Américo era Eugênio Castelo
Pai de Cris na vida atual, ele abandonou a família há muito anos e agora tenta se reaproximar. Em 1930, também foi pai da protagonista. Um homem que tocou os negócios da família da mulher, de poucas palavras e de temperamento difícil. Era um falso moralista, pois mantinha uma outra mulher em uma cidade vizinha.

Margot/Hildegard Breton (Irene Ravache)

Margot era Hildegard Breton
A mulher de Vicente (Reginaldo Faria) era a mãe de Danilo Breton na outra vida. Francesa, viúva e pintora, ela tinha um atelier em Rosa Branca onde pintava "nudes". Isso a fez ter má fama e ser vista pelas senhoras da região como uma devassa. O surgimento de Hildegard nas visitas de Cris à sua vida passada será a primeira pista de quem Danilo Breton vai ser em 2018.

Danilo Breton vai ser Pedro
Primeiramente, Espelho da Vida mostrará o romance de Danilo com Julia no século passado, sempre com o mistério sobre o que teria motivado o assassinato da mocinha. Pintor, filho de Hildegard, ele se apaixonou à primeira vista pela aluna, um amor de várias vidas, indica a sinopse da trama. 

Só no final de novembro é que virá à tona que Margot tem um filho perdido nos dias atuais, Pedro. O aparecimento desse homem promoverá a maior virada da história, já que ele é o grande amor de Cris.

"Danilo é um pintor que a princípio estava só no passado. Por ser uma obra aberta, não sei o que vai acontecer, mas, pode acontecer dele aparecer de alguma maneira no presente", tentou despistar Rafael Cardoso em entrevista ao Notícias da TV.

Últimas de Espelho da Vida


Resumos Semanais

Resumo da novela Espelho da Vida: Capítulos de 28 a 30/3

Quinta, 28/3 (Capítulo 157)
Danilo descobre que Eugênio sequestrou Cris/Julia e o bebê. Piedade se desespera ao ver o estado da filha. Dora e Gustavo planejam fazer Cris/Julia sofrer. Alain conversa com Dalton e assume que acredita que Cris seja ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?