Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PABLO MORAIS

Ator de Além da Ilusão nasceu prematuro após agressão e morou em invasão

FÁBIO ROCHA/TV GLOBO

Caroline Dallarosa, caracterizado como Arminda, usa um vestido florido. Pablo Morais, o Marcos, abraça a atriz, vestindo o uniforme da Força Aérea Brasileira. Ambos esboçam um sorriso

Pablo Morais vive Marcos, par romântico de Arminda (Caroline Dallarosa) em Além da Ilusão

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 7/3/2022 - 17h48

Marcos em Além da Ilusão, Pablo Morais teve uma infância difícil. O ator viveu em uma ocupação em Goiás, junto da mãe e de três irmãos. Por ter se afastado do marido agressivo, a matriarca sustentava sozinha as quatro crianças, vendendo pastéis e trabalhando como faxineira em um hospital. O artista nasceu prematuro em decorrência de uma agressão do pai contra a mãe.

"Trabalho há muitos anos como ator e sou uma pessoa pública. Mas só hoje, depois de muita análise, estou começando a falar disso. A gente precisa começar a mostrar esses exemplos para as pessoas. Minha mãe foi criada em um orfanato, sustentou os filhos sozinha e sofreu essa violência quando eu, o caçula, nasci", relembrou o ator, em entrevista para a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

O ator estreou na televisão na minissérie Suburbia (2012), da Globo. São dez anos de carreira. Durante esse tempo, ele entendeu a importância de se mostrar como agente de representatividade para outras pessoas que cresceram nas periferias do país.

"Fui rodeado de crime e muita desigualdade e, mesmo assim, essa mulher [a mãe] teve a percepção de que a arte poderia nos salvar. [Ela] Me colocou desde criança para fazer aula de tecido, de balé. Devo tudo a ela. A força dela me fez ser o que sou hoje", declarou.

O sucesso profissional fez com que o ator pudesse dar uma melhor condição de vida para a mãe. "É doido, porque o que a gente chama de favela aqui no Rio é luxo em comparação com a invasão onde morei. Hoje, ela morre de orgulho de mim e tem a casa dela, o carro dela... Dignidade, né?", disse, ainda para a colunista.

Amor e guerra

Na novela das seis da Globo, o ator interpreta Marcos, um piloto da FAB (Força Aérea Brasileira). Nos capítulos em exibição, ele vive uma história de amor fugaz com Arminda (Caroline Dallarosa). Mas o oficial terá que lutar na Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e deixará a amada para trás.

É uma história clássica, quase um Romeu e Julieta [em referência à tragédia escrita por William Shakespeare (1564-1616) em 1597], mas motivada pela guerra. Os dois criam expectativas na relação e ficam com o coração na mão quando são separados. As cenas deles estão lindas, naquele lugar do adolescente descobrindo o amor, a saudade... 

O artista recebeu várias mensagens em suas redes sociais desde que apareceu no folhetim de Alessandra Poggi. Por isso, ele confia no sucesso do romance.

Ele também está animado para contar a história dos brasileiros que serviram o país na Segunda Guerra. Para construir o personagem, ele começou a acompanhar a FAB nas redes sociais e conversou com um general.

"No roteiro de Alessandra, o personagem passa uma humanidade grande, ele realmente quer ser um patriota e proteger a nação. E as gravações das cenas de guerra estão maravilhosas", adiantou.

A segunda fase do folhetim de Alessandra Poggi se passa nos anos 1940 em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro. Confira os resumos da novela das seis da Globo que o Notícias da TV publica diariamente.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Além da Ilusão.


Últimas de Além da Ilusão


Resumos Semanais

Além da Ilusão: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 12 a 20/8

Sexta, 12/8 (Capítulo 161)
Isadora finge ser Elisa e Matias confessa sua culpa no crime contra a filha. Davi comemora sua possível libertação. Violeta pede que Salvador dê um tempo para sua família. Leônidas repreende Heloísa pela armação envolvendo Matias. ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.