Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CRIMINOSO FORAGIDO

Ator assassinado por sogro, Rafael Miguel volta ao ar na reprise de Chiquititas

REPRODUÇÃO/SBT

O ator Rafael Miguel como o personagem Paçoca em Chiquititas, novela infantil do SBT

Rafael Miguel como o personagem Paçoca em Chiquititas; trabalho do ator assassinado pode ser visto

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 6/8/2020 - 6h55

Assassinado por Paulo Cupertino em 9 de junho do ano passado, o ator Rafael Miguel (1996-2019) poderá ser visto a partir da próxima segunda (10) na reprise da novela Chiquititas, do SBT. Seu personagem, Paçoca, entrará em cena para atormentar a vida de Mosca (Gabriel Santana), Rafa (Filipe Cavalcante) e Binho (Gui Vieira).

O vilãozinho vai surgir para zombar dos antigos moradores de rua por aceitarem entrar para o orfanato Raio de Luz. Ele dirá que eles foram "domesticados". O crush de Mili (Giovanna Grigio) pedirá para o valentão deixá-los em paz, mas o personagem de Rafael Miguel começará uma briga generalizada. Junior (Guilherme Boury) estará por perto e apartará a discussão. Intimidado, Paçoca irá embora.

Antes de morrer, Miguel estava no radar do SBT para voltar às novelas. Ele já tinha sido cotado pela diretora de elenco da emissora, Márcia Ítalo, para fazer testes para Patinho Feio, uma produção infantojuvenil que até então substituiria As Aventuras de Poliana. Os testes aconteceriam em agosto de 2019, aproximadamente dois meses após a tragédia.

Escrita por Leonor Corrêa, irmã de Fausto Silva, Patinho Feio seria uma versão de uma produção originalmente argentina adaptada pela rede mexicana Televisa em 2009, com o título Atreva-se a Sonhar. Baseada no conto de fadas, a novela visava explorar os conflitos entre beleza, vaidade e padrões impostos pela sociedade.

A produção acabou adiada, pois a emissora encomendou uma segunda temporada de As Aventuras de Poliana, chamada Poliana Moça, que teve suas gravações paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Treze tiros disparados

Fora da TV, Rafael Miguel morreu juntamente com seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Mirian Selma Miguel, de 50. Pai da namorada do ator, Paulo Cupertino disparou 13 vezes contra as vítimas que estavam desarmadas e não tiveram tempo de se defender.

O crime teria sido motivado por ciúme, já que o autor não aceitava o relacionamento da filha, Isabela Tibcherani Matias, com Rafael. A jovem e a mãe dela, Vanessa Tibcherani de Camargo, presenciaram o crime. Até hoje, o assassino segue foragido da Justiça. Recentemente, Cupertino entrou na lista dos criminosos mais procurados pela polícia no Estado de São Paulo. 

Ao Notícias da TV, a Polícia Civil da capital paulista confirmou que o criminoso também teve o pedido de prisão temporária convertido em preventiva. Isso significa que, se for preso, ele ficará detido por tempo indeterminado até seu julgamento.

reprodução/polícia civil do estado de são paulo

O acusado Paulo Cupertino foi incluído na lista de criminosos mais procurados de São Paulo

A mudança no tipo de prisão também serviu para a solicitação de inclusão de Cupertino na lista de procurados pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal). Os investigadores do caso acreditam que o pai de Isabela Tibcherani tenha entrado em outro país com documentos falsos.

"O nome e a foto do suspeito constam na lista dos mais procurados da instituição. O inquérito policial, que investigou o caso, foi relatado pelo 98° DP [Distrito Policial] no dia 5 de junho, com indiciamento do autor por três homicídios duplamente qualificados. A autoridade policial solicitou a conversão da prisão temporária em preventiva, que foi acatada pela Justiça, e solicitou a inclusão do autor no site da Interpol", informa a nota da polícia.

Em junho deste ano, as autoridades divulgaram prints de conversas no WhatsApp entre Paulo Cupertino e dois amigos que o ajudaram a fugir na época do crime. "Todo mundo tá querendo a minha cabeça. Por isso, não pode confiar em ninguém", relatou o fugitivo.

Eduardo José Machado, dono de uma pizzaria, e Wanderlei Antunes, motorista de aplicativo, foram indiciados e vão responder em liberdade pelo crime de favorecimento pessoal por terem fornecido carro e dinheiro para o suspeito. 

Além do Estado de São Paulo, Paulo Cupertino Matias é procurado no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Paraná, Goiás, Pará e Maranhão, além de outros países como Argentina e Paraguai, que fazem fronteira com o Brasil. A polícia já tentou localizá-lo em mais de 300 endereços.


Últimas de Chiquititas


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?

Vanessa Giácomo
21.13%
Lucy Alves
16.78%
Rafa Kalimann
12.62%
Isis Valverde
22.07%
Uma atriz desconhecida
27.40%