Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DECEPCIONOU FÃS

Incompleto no Brasil, catálogo do Disney+ será atualizado; veja o que falta

Divulgação/Disney

Raven-Symoné em foto promocional da série As Visões da Raven (2004-2007)

Sucesso nos anos 2000, As Visões da Raven (2004-2007) ficou de fora da estreia do Disney+ no Brasil

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 18/11/2020 - 6h50

As falhas no sistema e a instabilidade da plataforma não foram as únicas críticas dos brasileiros no primeiro dia do Disney+ no país. Muitos assinantes notaram a ausência de diversos títulos muito aguardados pelos fãs no catálogo do serviço, que chegou ao Brasil na terça (17) incompleto se comparado ao disponível nos Estados Unidos.

Essas diferenças, contudo, não serão para sempre. Fontes do Notícias da TV confirmaram que o catálogo brasileiro irá se igualar ao norte-americano aos poucos. De acordo com a apuração da reportagem, a plataforma sofrerá atualizações todas às sextas.

Séries como As Visões da Raven (2003-2007) e Lizzie McGuire (2001-2004), duas das mais pedidas pelos fãs e que ficaram de fora da relação inicial, serão disponibilizadas em breve no Disney+. O mesmo vale para filmes e animações clássicas que também ficaram ausentes na estreia.

Para algumas produções, a entrada no catálogo do streaming da empresa do Mickey Mouse não dependerá apenas do tempo. Pedidos dos fãs nas redes sociais, a animação X-Men: Evolution (2000-2003) tem seus direitos no Brasil ligados à Warner Bros. Television.

No caso dos filmes do Universo Cinematográfico Marvel, os dois longas do Homem-Aranha estrelados por Tom Holland foram produzidos em conjunto com a Sony Pictures, enquanto os direitos O Incrível Hulk (2008) pertencem à Universal. As três produções também não entraram na relação do Disney+. 

Outra questão que impediu a entrada do catálogo completo no Brasil foi a dublagem. Muitos filmes e animações vão ganhar um novo elenco de voz no Disney+ porque o estúdio do Mickey não possui os direitos das dublagens originais. A pandemia da Covid-19, que paralisou quase toda da indústria do entretenimento, também contribuiu para o atraso desse processo.

Os usuários também notificaram o streaming por conta da falta ou erro em legendas em português. Enquanto alguns títulos só disponibilizaram as opções com o vocabulário de Portugal, em outros, como no caso da adaptação de Hamilton (2015), só há a possibilidade de assistir com legendas em inglês.

A reportagem do Noticias da TV apurou que, com o alto número de reclamações, o caminho mais provável é que a peça idealizada por Lin-Manuel Miranda também receba legendas em português em breve. A assessoria do Disney+ não especificou uma data para quaisquer dessas atualizações.

Confira abaixo alguns dos títulos que ficaram ausentes no lançamento do streaming:

As Visões da Raven (2003-2007)
Lizzie McGuire (2001-2004)
Cory na Casa Branca (2007-2008)
A Pequena Sereia: A Série (1992-1994)
Planeta do Tesouro (2002)
Timão e Pumba (1995-1999)
Homem-Aranha: Série Animada (1994-1998)
X-Men: Série Animada (1992-1997) - incompleta
DuckTales: Os Caçadores de Aventura (1987-1990) - incompleta
Música, Maestro! (1946)
Hora do Recreio (1997-2001)
Hora do Recreio: O Filme (2001)
Hora do Recreio: Novas Aventuras na 5ª Série (2003)
Os Simpsons - incompleta
Agents of Shield (2012-2020) - incompleta
High School Musical: A Série: O Musical - incompleta

Assista ao vídeo em que o Disney+ comemora sua chegada ao Brasil:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?