Marketing (in)direto

Coca-Cola usa Stranger Things para reviver latinha fiasco dos anos 1980

Reprodução/Netflix

Millie Bobby Brown em cena clássica de Stranger Things; latinha da Coca-Cola estará de volta na série - Reprodução/Netflix

Millie Bobby Brown em cena clássica de Stranger Things; latinha da Coca-Cola estará de volta na série

REDAÇÃO - Publicado em 21/05/2019, às 13h14

A Netflix cruzou a linha tênue entre rejeitar a exibição de comerciais de produtos e permitir merchans em suas produções. Nesta terça (21), no canal da Coca-Cola no YouTube, entrou um comercial promovendo a terceira temporada de Stranger Things. A peça publicitária revive a New Coke, fiasco de 1985, período em que se passa o novo ano do drama.

O comercial padrão, de 37 segundos, foi dirigido pelos irmãos Matt e Ross Duffer, criadores de Stranger Things, e será exibido em salas de cinema. No vídeo, atores da série revivem cenas de um comercial que de fato foi exibido há 34 anos, com direito a beijo na boca de Eleven (Millie Bobby Brown) em Mike (Finn Wolfhard).

No fim, o logo da Coca-Cola aparece em destaque em sua fonte tradicional, mas com o contorno em neon, característico de Stranger Things, que é vermelho, tal qual a marca de refrigerante. O comercial chega ao fim com um anúncio do retorno da série da Netflix, marcado para 4 de julho.

De olho nos 149 milhões de assinantes em todo o mundo que têm uma conta da Netflix, a Coca-Cola faz essa fusão inédita. As duas empresas já foram parceiras, mas com uma ação mais light. Na primeira temporada, em uma cena clássica, Eleven amassou uma lata de Coca-Cola usando o poder da mente.

A marca aproveita a oportunidade para lucrar com o que foi um fiasco colossal no mundo dos negócios. Em 1985, em um dos grandes fracassos da história, o refrigerante ganhou uma receita nova, sua primeira mudança em 99 anos da companhia. A tal da New Coke durou apenas 79 dias. A empresa teve de voltar ao sabor original, batizado de Coca-Cola Clássica.

A latinha do mico, com uma tarja branca no topo escrito New (Nova), será recolocada no mercado norte-americano a partir de quinta (23), mas apenas em alguns lugares selecionados. A aposta é fazer com que colecionadores corram atrás do produto. É uma chance de experimentar a receita rejeitada em 1985. 

Além dos cinemas e das redes sociais, a Coca-Cola e a Netflix não planejam exibir o comercial em outras plataformas. Mas a latinha certamente marcará presença na terceira temporada da série.

Veja o comercial da Coca-Cola feito em parceria com a Netflix:

Outros merchans

Assim como canais pagos premium (a HBO, por exemplo), os serviços de streaming não exibem comerciais para seus assinantes, que pagam caro justamente para não serem incomodados com anúncios. Porém, eles dão truques e permitem que marcas sejam inseridas nos episódios de suas atrações, de maneira sutil ou descarada.

Na icônica House of Cards (2013-2018, Netflix), por exemplo, nada menos do que 15 marcas apareceram no vídeo da quinta temporada. Em Orange Is the New Black, o salgadinho Cheetos ganhou uma propaganda indireta. Já em Jessica Jones, os destaques foram as inúmeras bebidas alcoólicas consumidas pela protagonisa.

A HBO não fica atrás, com a inserção do aplicativo de transporte individual Lyft na terceira temporada de Insecure. A prática é antiga no canal pago, com marcas de carros aparecendo em The Sopranos (1999-2007) e grifes de luxo na premiada comédia Sex and the City (1998-2004).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook