Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NOVO DIRETOR

Carlos Henrique Schroder deixa a Globo; Waddington assume Entretenimento

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Carlos Henrique Schroder, que deixará a Globo em 2021, e Ricardo Waddington, que assumirá cargo na emissora

Carlos Henrique Schroder, que deixará a Globo em 2021, e Ricardo Waddington, que assumirá cargo na emissora

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 19/11/2020 - 15h38
Atualizado em 19/11/2020 - 16h15

A Globo anunciou nesta quinta (19) uma grande mudança em sua chefia de entretenimento. Após 35 anos na emissora, Carlos Henrique Schroder, atual diretor-executivo de Criação e Produção de Conteúdo e diretor de Entretenimento, deixará a empresa em 2021. A partir de dezembro deste ano, Ricardo Waddington assumirá a direção de Entretenimento na Globo.

Schroder entrou para a emissora em 1982, na afiliada do Rio Grande do Sul, e desde então exerceu vários cargos. Foi editor-chefe do Jornal Hoje, diretor-geral de Jornalismo e Esporte e diretor-geral da TV Globo, posição que exerceu de 2013 a 2019.

De acordo com Jorge Nóbrega, presidente executivo da Globo, Schroder havia comunicado em 2017 sua intenção de permanecer na emissora somente até o final de 2020. Ficou combinado, no entanto, que ele continuará na empresa até a conclusão da reorganização da área de Entretenimento, o que deve ser concluído em meados do ano que vem.

Em novembro de 2019, a Globo fez mudanças no organograma de executivos, como parte do processo de unificação Uma Só Globo. Na dança das cadeiras, Schroder deixou a função de diretor-geral para cuidar do conteúdo de Entretenimento, Esporte e Jornalismo.

Ricardo Waddington promovido

Uma importante mudança ocorrerá já em 1º de dezembro deste ano, quando Ricardo Waddington assumirá oficialmente o cargo de diretor de Entretenimento.

O profissional, que está na emissora há 37 anos, foi responsável pela direção de novelas marcantes como Vale Tudo (1988), Tieta (1989) e Laços de Família (2000). Ele também foi diretor de programas (como Globo de Ouro e Domingão do Faustão), diretor de núcleo e diretor de gênero em sua trajetória na Globo.

Desde 2018, Waddington ocupava a função de diretor de Produção. Nóbrega agradeceu pela contribuição de Schroder à empresa e desejou boa sorte a Waddington na nova jornada.

Confira o comunicado oficial da emissora na íntegra:

"Caros,

Gostaria de compartilhar com vocês algumas notícias de grande impacto para todos nós.

A primeira trata da proximidade do encerramento do ciclo profissional de Carlos Henrique Schroder na Globo. Com 35 anos de casa, Schroder construiu uma trajetória impressionante de sucesso em televisão a partir de sua estreia na RBS em Porto Alegre, em 1982, como editor do telejornal Bom Dia Rio Grande.

Em 1985, ingressou na TV Globo como coordenador de Rede, passando a editor-chefe do Jornal Hoje, editor de Assuntos Nacionais do Jornal Nacional, diretor editorial de Produção e Planejamento da Central Globo de Jornalismo, diretor-geral de Jornalismo e Esporte em 2001, diretor-geral da TV Globo em 2013 e diretor-executivo de Criação e Produção de Conteúdo da Globo em 2020.

Com sua energia e capacidade de realização inigualáveis, foi galgando posições na empresa, juntando a rara capacidade de gerir o ativo mais importante da empresa - a produção de conteúdo de alta qualidade – com incessante foco em resultado e visão integrada de todo o processo empresarial.

Ao assumir a TV Globo, Schroder reformulou a empresa e estimulou a construção de uma visão de negócios, que foi o embrião do caminho que estamos agora perseguindo. Durante sua gestão, a TV Globo conquistou diversos prêmios, entre eles oito Emmys em entretenimento e jornalismo. Creio que não houve, na história do Grupo Globo, um exemplo tão impactante de evolução profissional, demonstrando a aposta e a confiança no talento que a Globo sempre preconizou.

No início de 2017, em seu planejamento de carreira, Schroder acordou com nossos acionistas que contribuiria com a empresa por mais quatro anos, estabelecendo um prazo para a sua permanência até o final de 2020. Combinamos, recentemente, que ele prorrogaria um pouco mais, até a conclusão de todo o desenho organizacional da área de Entretenimento, o que deve ocorrer até meados do ano que vem.

Acertamos também, que esse trabalho de redesenho organizacional deveria ser conduzido, a partir de agora, junto com o executivo que respondesse pela direção do Entretenimento, cargo que Schroder vinha acumulando com a Diretoria Executiva de Criação e Produção de Conteúdo da Globo. Dessa forma, convidamos o Ricardo Waddington, que estará assumindo essa posição de diretor do Entretenimento no dia 1º de dezembro.

Ricardo tem uma trajetória de grandes sucessos como diretor de importantes produções, incluindo Mulheres Apaixonadas, Avenida Brasil, Presença de Anita e muitas outras. No Entretenimento da TV Globo há 37 anos, Ricardo exerceu as funções de assistente de direção, diretor de programa, diretor de núcleo e diretor de gênero até assumir a liderança da produtora em 2018, onde vem demonstrando grande capacidade de gestão, combinando esta visão do mundo artístico com as necessidades do negócio e levando a produtora a buscar excelência e foco em resultado.

Schroder continuará ocupando a Diretoria Executiva de Criação e Produção de Conteúdo, até que o processo do novo modelo esteja concluído, período durante o qual seguirá liderando as áreas de Esporte, Jornalismo e Entretenimento. Agradeço sua generosidade ao sacrificar projetos pessoais e dilatar seu prazo de permanência conosco para poder colaborar na conclusão dessa tarefa tão essencial para o nosso projeto de construção da Globo do futuro.

Ao Ricardo W., meus votos de muito sucesso na sua nova função.

Jorge Nóbrega

Presidente-executivo da Globo"


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?