Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FEITICEIRA OU FADA?

WandaVision de Angélica, Zoando na TV ganha status cult e campanha no streaming

REPRODUÇÃO/GLOBO FILMES

A apresentadora Angélica olha para a direita como a Angel e observa Bussunda com um terno de cetim azul, ele segura uma ficha com a mão direita e um microfone com a esquerda , em cena de Zoando na TV

Angélica e Bussunda (1962-2006) em Zoando na TV; comédia ganhou status de cult nas redes sociais

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 12/3/2021 - 6h50

Angélica não conta com os poderes de uma Feiticeira Escarlate, mas fez o próprio WandaVision duas décadas antes da série chegar ao Disney+. A apresentadora é a protagonista de Zoando na TV (1999), que abusa da metalinguagem e dos clichês do veículo exatamente como a produção da Marvel --e tem até campanha para figurar no catálogo do Globoplay.

Na trama, Angel (Angélica) precisa se aventurar pela programação depois que seu namorado Ulisses (Márcio Garcia) é sugado pelo tubo de imagem de sua televisão. A peça, responsável pelo volume voluptuoso na traseira dos equipamentos mais antigos, já não faz mais parte da realidade, ainda que Wanda (Elizabeth Olsen) tente alterá-la a todo momento.

A jovem passa por programas de auditório, cai em uma telenovela e sobrevive a um serial killer numa sessão de terror para resgatar o rapaz das garras de Lana Love (Danielle Winits). A vilã --que também não tem pacto com o Mefisto, para deixar claro-- quer tirar uma casquinha do bonitão para depois trancá-lo dentro do televisor.

O filme, inclusive, foi um sucesso de bilheteria em uma época que o mais próximo dos Vingadores que o público poderia chegar era justamente a fada Bela, de Caça Talentos (1996-1998).

Os longa-metragens de super-heróis sairiam dos quartos dos nerds e ganhariam popularidade alguns anos depois com Homem de Ferro (2008), pouco depois de Angélica dar por encerrada a sua carreira cinematográfica com Um Show de Verão (2004) --em que fez par romântico com o atual marido Luciano Huck.

A artista pode até ter aposentado a sua carreira de atriz, com uma ponta ali e outra acolá como em A Dona do Pedaço (2019), mas as redes sociais voltaram a remexer no seu passado cinematográfico já nos primeiros surtos de Wanda. "O filme Zoando na TV andou pra que WandaVision pudesse correr. Amo", escreveu um usuário no Twitter identificado como Mau Boo.

Desde então, o Globoplay tem recebido inúmeros pedidos para colocar o magnum opus da loira entre as suas opções, sobretudo depois do anúncio em janeiro de que grandes produções do cinema nacional seriam disponibilizadas ao assinantes --mas, por enquanto, só com os poderes de Margarida (Marilu Bueno) e Violeta (Betina Vianny) para fazer a mágica acontecer.

Confira a repercussão em torno de Zoando na TV nas redes sociais:


Leia também

Web Stories

+
Como Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileiros

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?