Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TROCO EM DOBRO

'Máquina Mortífera do século 21' leva tiros, sangue e muito humor à Netflix

Daniel McFadden/Netflix

Os atores Winston Duke e Mark Wahlberg dentro de caminhão em cena do filme Troco em Dobro, da Netflix

Winston Duke (Falcão) e Mark Wahlberg (Spenser) em cena de ação do filme Troco em Dobro

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 6/3/2020 - 4h53

Um homem branco e um negro, com personalidades opostas, se unem para resolver crimes com métodos pouco usuais. Em meio a gangues violentas, policiais corruptos, explosões e sangue, disparam tiros e piadas com a mesma velocidade. Parece a franquia Máquina Mortífera, mas é Troco em Dobro, longa que a Netflix estreia nesta sexta (6).

No lugar de Mel Gibson e Danny Glover, os protagonistas da vez são Mark Wahlberg (indicado ao Oscar por Os Infiltrados) e Winston Duke (de Pantera Negra e Vingadores: Ultimato). O primeiro vive Spenser, um policial esquentadinho. O segundo é Falcão, aprendiz de lutador de MMA que leva uma vida mais zen.

Logo no início da história, Spenser desconfia de que seu chefe na polícia esteja envolvido com um crime e decide confrontá-lo em sua casa. Revoltado, acaba espancando o superior e é condenado a cinco anos na cadeia. No mesmo dia em que é solto, o capitão é morto, e ele se torna o principal suspeito.

Para limpar seu nome, o ex-presidiário se junta (a contragosto) com Falcão e começa a investigar o assassinato; os dois são um misto de detetives particulares e justiceiros. Acabam irritando outros policiais, gangues de Boston e a desbocada Cissy (a comediante de stand-up Iliza Schlesinger), ex-namorada do personagem de Wahlberg e responsável por alguns dos melhores momentos do longa.

Também chama a atenção a participação do veterano Alan Arkin (indicado ao Emmy e ao Globo de Ouro por The Kominsky Method), bem à vontade com um personagem que alterna momentos cômicos com sequências intensas. Ele vive Henry Cimoli, dono de uma academia de MMA que foi mentor de Spenser e agora treina Falcão.

As cenas de luta também impressionam, com golpes fortes e encontrões em paredes, pias, balcões de cozinha e tudo mais que possa ser quebrado com o impacto de corpos humanos. O fato de a gangue que aterroriza os heróis preferir facões a armas de fogo também ajuda em duelos físicos que envolvem o público.

Como o entrosamento do elenco principal é forte, Troco em Dobro tem tudo para dar o pontapé em uma nova franquia de ação e comédia para a Netflix. Resta saber se a plataforma vai preferir dar continuidade a essa história ou à exagerada Esquadrão 6, espécie de Velozes & Furiosos do streaming, que também abusa do humor e das cenas de ação. Na dúvida de qual assistir, fique com a dupla Wahlberg e Duke.

Confira o trailer de Troco em Dobro, estreia desta sexta na Netflix:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?