Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ATOR INTERNACIONAL

De Jesus Cristo a pistoleiro: Rodrigo Santoro é camaleão em Hollywood

Reprodução/Netflix

Rodrigo Santoro como Biggie, o vilão de Power (2020)

Rodrigo Santoro como o vilão de Power (2020); longa entra no catálogo da Netflix nesta sexta (14)

ANDRÉ ZULIANI

Publicado em 14/8/2020 - 6h45

Rodrigo Santoro não é mais um mero desconhecido em Hollywood. Desde a sua estreia muda no exterior, na comédia de ação As Panteras: Detonando (2003), o ator já participou de diversas produções, vivendo de pistoleiro no Velho Oeste a Jesus Cristo em remake de filme clássico. Na TV e no cinema, o brasileiro se tornou um verdadeiro camaleão.

Seu mais novo trabalho é Power (2020), longa da Netflix que chega ao catálogo da plataforma nesta sexta-feira (14). Nele, o brasileiro tem a companhia de outros grandes astros, como o vencedor do Oscar Jamie Foxx e Joseph Gordon-Levitt.

A trama gira em torno de um policial (Gordon-Levitt) que se une a um veterano do exército (Foxx) para lutar contra bandidos que usam uma misteriosa pílula para ativar superpoderes em seus usuários durante um tempo limitado. Santoro é o interpreta Biggie, líder da gangue e o vilão do filme.

Apesar de ser a primeira vez em que seu rosto será visto em uma produção original no serviço de streaming, o longa não é a primeira parceria entre o ator e a Netflix. Santoro foi o responsável por dublar Jesper, protagonista da animação natalina Klaus (2019), na versão brasileira.

Com 44 anos, o artista pode se orgulhar de ter em seu currículo sucessos que até hoje são aclamados pelos fãs, como as séries Lost (2004-2010) e Westworld, além da comédia romântica Simplesmente Amor (2003).

Confira abaixo alguns dos papéis mais famosos de Santoro em Hollywood: 

Divulgação/Sony Pictures

O tanquinho de Rodrigo Santoro chamou muito a atenção dos fãs em As Panteras: Detonando 


As Panteras: Detonando (2003)

Apesar de aguardada pelos fãs brasileiros, a estreia de Santoro em Hollywood não foi das melhores. Ele viveu o vilão Randy Emmers na sequência de As Panteras (2000). Sem nenhuma fala na versão do longa que foi para os cinemas, o galã chamou a atenção pelo seu tanquinho malhado --e nada mais.

Divulgação/Universal Pictures

Na comédia Simplesmente Amor, o galã se relacionou com a personagem de Laura Linney


Simplesmente Amor (2003)

O ator teve mais sorte no segundo papel em uma produção estrangeira. Na comédia romântica Simplesmente Amor (2003), uma das mais aclamadas dos anos 2000, o brasileiro foi companheiro de elenco de nomes com o calibre de Hugh Grant, Emma Thompson, Alan Rickman (1946-2016), Keira Knightley e Laura Linney.

Na trama, ele interpretou Karl, o par romântico da personagem de Linney. Apesar do final triste, o brasileiro pôde comemorar que teve algumas falas exibidas no cinema.

Divulgação/Warner Bros..

O rei Xerxes é um dos personagens mais marcantes do ator em sua carreira em Hollywood


300 (2006)

Na adaptação da graphic novel de Frank Miller, Rodrigo Santoro teve um dos seus papéis mais emblemáticos desde que começou a carreira internacional. Em 300, o brasileiro viveu o grande vilão da trama, Xerxes, o gigante persa que queria dominar a todo custo a cidade de Esparta, comandada pelo rei Leônidas (Gerard Butler).

Oito anos depois, Santoro retornou ao personagem em 300: A Ascenção do Império (2014), sequência que não teve o mesmo apelo do público.

Divulgação/ABC

O personagem de Rodrigo Santoro em Lost foi rejeitado pelo público e teve vida curta na TV


Lost (2004-2010)

Uma das séries de maior sucesso da TV americana neste século, Lost elevou os criadores J.J. Abrams e Damon Lindelof ao status de grandes produtores. Era a oportunidade perfeita para o brasileiro se destacar em um produção televisiva.

Apesar de Santoro ter sido escalado na terceira temporada, no auge da série, o seu personagem, Paulo, não agradou aos fãs. Sua entrada aleatória como um sobrevivente que apenas não tinha aparecido ainda não foi aceita pela audiência, e os produtores decidiram reduzir sua participação a apenas alguns episódios.

Divulgação/Telecinco

Santoro (centro) na cibebiografia de Che Guevara; ele interpretou o ex-guerrilheiro Raúl Castro


Che: o Argentino (2008)

Na cinebiografia que conta a história do histórico guerrilheiro argentino que lutou pela revolução comunista em Cuba ao lado de Fidel Castro (1926-2016), Santoro repetiu a chance de trabalhar com grandes nomes do cinema americano.

Na pele de uma versão jovem do ex-presidente cubano Raúl Castro, o brasileiro atuou ao lado do vencedor do Oscar Benicio del Toro e de Oscar Isaac, indicado ao maior prêmio da indústria. No mesmo ano, o trio retornou para a segunda parte da cinebiografia, Che 2: A Guerrilha.

Divulgação/Europa Corp

Em O Golpista do Ano, Santoro viveu um dos namorados do personagem de Jim Carrey


O Golpista do Ano (2009)

Um dos filmes no qual Santoro mais teve tempo de tela. Na comédia dramática, o ator deu vida ao homossexual Jimmy, um dos amores do protagonista vivido por Jim Carrey. Além do comediante famoso por O Máskara (1994), Ewan McGregor e Leslie Mann também estão no elenco do longa.

Divulgação/LionsGate

O ator foi marido de Jennifer Lopez na comédia O Que Esperar Quando Você Está Esperando


O Que Esperar Quando Você Está Esperando (2012)

Na comédia que fala sobre as dificuldades dos pais com bebês recém-nascidos, a mais nova estrela da Netflix teve um papel sem muito destaque, mas novamente dividiu a tela com nomes já consagrados em Hollywood. Além de repetir a parceria com Cameron Diaz, uma das estrelas de As Panteras, Santoro fez par romântico com ninguém menos do que a cantora e atriz Jennifer Lopez.

Divulgação/Lionsgate

Em O Último Desafio, o ator viveu um bom policial ao lado do fortão Arnold Schwarzenegger


O Último Desafio (2013)

Um ano depois de interpretar o marido de J.Lo, o artista foi escalado para viver um policial de uma pequena cidade no interior do Novo México para trabalhar com ninguém menos do que Arnold Schwarzenegger. No papel de Frank Martinez, Santoro teve a companhia no elenco de Jaimie Alexander, protagonista da série Blindspot (2015-2020), e de Johnny Knoxville, conhecido pela franquia Jackass.

Divulgação/Warner Bros.

Rodrigo era obcecado pela personagem de Margot Robbie no suspense de ação Golpe Duplo


Golpe Duplo (2015)

No longe de ação, Rodrigo interpretou mais um vilão em sua carreira internacional. Ele viveu Owens, bilionário dono de uma empresa de carros que disputava a atenção da bela golpista Jess (Margot Robbie) com o protagonista Nicky (Will Smith).

Divulgação/paramount Pictures

O brasileiro interpretou Jesus Cristo no remake de Ben-Hur (2016); filme fracassou nas telonas


Ben-Hur (2016)

Ben-Hur (1959), clássico do cinema americano estrelado por Charlton Heston (1923-2008), finalmente ganhou uma nova versão para as telonas em 2016. A expectativa era enorme, afinal, o longa original está eternizado como o maior vencedor do Oscar em uma única edição, ao lado de Titanic (1997) e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003), com 11 estatuetas cada.

Apesar da grande mídia em torno do filme, a produção naufragou nas bilheterias e foi considerada um dos grandes fracassos daquele ano. No filme, Santoro teve a oportunidade de interpretar ninguém menos do que Jesus Cristo.

Divulgação/HBO

Rodrigo Santoro voltou a interpretar Hector Escaton na terceira temporada da série da HBO


Westworld

Santoro voltou a ter um papel de destaque em uma série de TV em 2018, quando conquistou o papel do robô pistoleiro Hector Escaton. O brasileiro participou ativamente durante toda a primeira temporada do sucesso da HBO, fazendo par romântico com a atriz Thandie Newton, intérprete da cafetina Maeve.

Em 2020, o ator voltou ao papel de Hector em dois episódios da terceira temporada após o personagem ressuscitar na série, retomando a parceria amorosa com Thandie. Apesar da queda de audiência, a HBO já encomentou um quarto ano.

Divulgação/Hulu

O ator teve o seu primeiro protagonista na série Reprisal (2019), no serviço de streaming Hulu


Reprisal (2019)

Reprisal (2019) marcou a primeira atuação do ator como protagonista em uma série de TV dos EUA. Santoro viveu o gângster Joel Kelly em uma trama de vingança e paixão que lhe deu um destaque nunca conquistado antes em terras estrangeiras. A série teve vida curta e foi cancelada pelo serviço de streaming Hulu após a exibição de sua primeira e única temporada.

Confira abaixo o trailer de legendado de Power, novo trabalho internacional do ator:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você acompanhará após o fim do BBB21?