ATORES TIPO EXPORTAÇÃO

De Thaila Ayala a Rodrigo Santoro: sete brasileiros que brilham em Hollywood

Fotos: Divulgação

Thaila Ayala está em Pica-Pau: O Filme; Rodrigo Santoro atua na série Westworld, da HBO - Fotos: Divulgação

Thaila Ayala está em Pica-Pau: O Filme; Rodrigo Santoro atua na série Westworld, da HBO

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 26/01/2018, às 05h54 - Atualizado às 09h48

Foi-se o tempo em que parecia impossível que nomes brasileiros brilhassem em Hollywood. Nos bastidores, o diretor Carlos Saldanha e o produtor Rodrigo Teixeira conseguiram até indicações ao Oscar deste ano. Na frente das câmeras, atores também têm feito bonito. Sônia Braga puxou a fila, e Alice Braga e Rodrigo Santoro são expoentes, mas a lista conta ainda com Thaila Ayala, Wagner Moura, Giselle Itié e Morena Baccarin.

Thaila é a inclusão mais recente: em 2017, ela protagonizou Pica-Pau: O Filme, que nesta semana chega ao serviços de vídeo sob demanda da TV paga e já estão disponíveis no Now, das operadoras Net e Claro. Sua escalação é um atrativo para o público brasileiro, mercado onde o desenho do pássaro revoltado faz sucesso até hoje, embora a animação não tenha episódios inéditos desde 2002.

Já Sônia e Alice Braga são exemplos de que o talento pode estar no sangue. Enquanto a tia chegou a ser indicada ao Globo de Ouro por seu papel em O Beijo da Mulher-Aranha, a sobrinha tem conquistado papéis de destaque em gêneros variados: ela já fez terror, ficção científica, ação e até filme de autoajuda.

Rodrigo Santoro também provou que é mais que um rostinho bonito: depois de ter sido criticado por um papel sem falas em As Panteras: Detonando, conquistou personagens de destaque em filmes como 300 e O Que Esperar Quando Você Está Esperando. Atualmente, está no elenco da série Westworld, série da HBO.

Confira sete atores que estão fazendo bonito no exterior (todos os filmes e séries citados neste texto estão disponíveis no Now):

Alice Braga em cena do terror O Ritual, que ela estrelou com Anthony Hopkins em 2011

Alice Braga
A paulistana de 34 anos chamou a atenção no brasileiro Cidade de Deus (2002), mas logo mirou o mercado internacional: fez o filme mexicano Só Deus Sabe (2006) e o suspense norte-americano 12 Horas Até o Amanhecer (2006), até dividir a cena com Will Smith no elogiado Eu Sou a Lenda (2007).

Depois, atuou com Harrison Ford em Território Restrito (2009) e com Anthony Hopkins no terror O Ritual (2011). No ano passado, teve um papel em A Cabana, baseado no livro de autoajuda que virou best-seller mundial.

Sônia Braga recebeu sua primeira indicação ao Globo de Ouro por O Beijo da Mulher-Aranha

Sônia Braga
Tia de Alice, a paranaense de 67 anos foi uma das primeiras brasileiras a se aventurar em Hollywood. Sucesso no brasileiro Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976), uma das maiores bilheterias da história do cinema nacional, Sônia ganhou destaque no mundo todo com O Beijo da Mulher-Aranha (1985).

A produção norte-americana dirigida pelo argentino Hector Babenco concorreu a quatro Oscars, inclusive melhor filme, e levou o de melhor ator por William Hurt. Sônia também foi lembrada pelos votantes do Globo de Ouro e recebeu uma nomeação a melhor atriz coadjuvante _a primeira de suas três indicações.

Giselle Itié em cena de Os Mercenários com Sylvester Stallone: reunião de astros da ação

Giselle Itié
Embora nascida no México em 1982, Giselle é praticamente brasileira, já que foi no Brasil que ela virou atriz e fez sucesso, participando de novelas do SBT, da Globo e da Record. Com uma beleza latina exótica, não demorou a chamar a atenção de Sylvester Stallone, que deu a ela um dos principais papéis femininos de Os Mercenários (2010).

No longa, Giselle divide a tela com grandes nomes do cinema de ação, como Jet Li, Jason Statham, Dolph Lundgren, Mickey Rourke e Bruce Willis. Em 2016, ela quebrou recordes de bilheteria no Brasil com Os Dez Mandamentos: O Filme, adaptação para as telonas da novela de sucesso.

Pouco conhecida do público brasileiro, Morena Baccarin foi indicada ao Emmy por Homeland

Morena Baccarin
Caso oposto de Giselle, Morena nasceu no Brasil, mas nunca atuou no país. A carioca de 38 anos se mudou cedo para os Estados Unidos, onde participou de diversas séries até ganhar um papel fixo em Firefly (2002-2003). O faroeste espacial fracassou na audiência, mas era tão querido pelos fãs que foi adaptado para um filme, Serenity: A Luta pelo Amanhã (2005).

Em 2013, Morena chegou a ser indicada ao Emmy de melhor atriz coadjuvante por seu papel na premiada série Homeland, da qual participou das três primeiras temporadas. Disputada, a brasileira tem quatro filmes para serem lançados em 2018.

Wagner Moura participou da ficção científica Elysium, em que contracenava com Matt Damon

Wagner Moura
Mais interessado nos desafios profissionais do que na projeção de seus trabalhos, Wagner fez apenas duas novelas na Globo e preferiu se dedicar ao cinema. No Brasil, brilhou em longas como Cidade Baixa (2005), O Homem do Futuro (2011) e Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora É Outro (2010).

Muito antes disso, porém, já tinha feito uma ponta no norte-americano Sabor da Paixão (2000), em que contracenava com o amigo Lázaro Ramos e com a musa espanhola Penélope Cruz. Em 2013, atuou na superprodução Elysium, ficção científica na qual dividia a cena com Matt Damon, Jodie Foster e com Alice Braga.

Thaila Ayala é atormentada pelo malandro Pica-Pau no filme baseado na animação de sucesso

Thaila Ayala
A jovem de 31 anos deixou o interior de São Paulo para tentar a carreira de modelo e, logo depois, emplacou como atriz. Depois de algumas novelas na Globo, estrelou o longa brasileiro Apneia (2014) e participou de Mais Forte que o Mundo: A História de José Aldo (2016).

No ano passado, ganhou sua primeira protagonista internacional em Pica-Pau: O Filme, em que interpreta a namorada de um advogado (Timothy Omundson, de Psych) que deseja destruir uma floresta para construir uma casa e passa a ser atormentado pelo pássaro da risada aguda.

Rodrigo Santoro está no elenco da série Westworld, cuja segunda temporada estreia em 2018

Rodrigo Santoro
O galã brasileiro de 42 anos trocou as novelas brasileiras por uma chance em Hollywood. Em sua estreia, foi detonado por aparecer em um papel sem falas na comédia de ação As Panteras: Detonando (2003), no qual seu tanquinho sarado aparecia mais do que seu rosto. Sem desanimar com as críticas, conquistou o papel do vilão Xerxes da superprodução 300 (2006). E não parou mais.

Foi par romântico de Alexis Bledel (de Gilmore Girls e Handmaid's Tale) na comédia Recém-Formada (2009), marido de Jennifer Lopez em O Que Esperar Quando Você Está Esperando (2012) e contracenou com Arnold Schwarzenegger em O Último Desafio (2013). Ainda emprestou sua voz para a animação Rio 2 (2014) e, atualmente, tem papel fixo na série Westworld.

Notícias da TV Recomenda

Westworld

Westworld

Ficha técnica: Drama, EUA, 2016. Criação: Jonathan Nolan, Lisa Joy. Elenco: Evan Rachel Wood, Thandie Newton, Jeffrey Wright, Ed Harris, Anthony Hopkins. Disponível na HBO e no Now.

Por que assistir: A principal diversão ao ver Westworld é tentar desvendar o que se passa naquele parque. É tudo real? Está no presente ou no futuro? Quem é robô ou humano? Westworld veio para ocupar o espaço que Game of Thrones deixará na HBO e teve 22 indicações ao Emmy de 2017.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da novela Orgulho e Paixão?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook