DEBOCHE COM REPRISE

Na Globo, Marcelo Adnet ironiza Silvio Santos por censurar jornal sobre Bolsonaro

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O comediante Marcelo Adnet no humorístico Sinta-se em Casa, da Globo

Marcelo Adnet imita Silvio Santos na esquete do Sinta-se em Casa, da Globo, exibido nesta terça (26)

REDAÇÃO - Publicado em 26/05/2020, às 12h08

Na Globo, Marcelo Adnet aproveitou a esquete de humor Sinta-se em Casa para ironizar Silvio Santos por ter trocado o jornal SBT Brasil por uma reprise do Triturando, no último sábado (23). No quadro exibido na manhã desta terça-feira (26), durante o Encontro com Fátima Bernardes, o comediante imitou os trejeitos do dono do SBT.

"Chega, termina o Sinta-se em Casa, até porque tem muita política e não convém falar sobre isso. Vamos exibir uma reprise da Pícara Sonhadora [2001]", anunciou Adnet, interpretando a risada caricata de Senor Abravanel. A novela, protagonizada por Bianca Rinaldi, já foi reprisada em dois momentos pelo SBT: em 2004 e em 2012.

Na esquete, o humorista fez piada com a reunião ministerial divulgada na semana passada e também imitou o presidente Jair Bolsonaro; o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro; e os ministros da Educação e Meio Ambiente, Abraham Weintraub e Ricardo Salles, respectivamente. 

Enquanto produziam o SBT Brasil que iria ao ar no sábado (23), às 19h45, jornalistas da emissora foram surpreendidos com uma ordem de Silvio Santos: o telejornal não seria levado ao ar. Pessoas que trabalham na Redação de Jornalismo do SBT disseram ao Notícias da TV que a principal motivação para o cancelamento seria para evitar repercussões contra Bolsonaro após a divulgação do vídeo da reunião ministerial na sexta (22).

De acordo com os funcionários da emissora, desde o início do sábado, já havia uma orientação de que o SBT Brasil estava proibido de noticiar repercussões referentes à conversa do presidente com seus ministros e que nada de Bolsonaro deveria ser citado. O jornal, no entanto, seria mantido "normalmente" na grade.

Mas durante a tarde, após uma reunião do alto escalão do Jornalismo, veio a informação de que o telejornal não seria colocado no ar. Apesar da ordem, a equipe continuou produzindo o programa, na expectativa de que a medida fosse revertida, o que não aconteceu. Todos foram dispensados às 19h30.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual próxima reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook