Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MEMÓRIA

Thiago Salvático mostra último presente que ganhou de Gugu: 'Tem o cheiro dele'

Reprodução/Instagram

Thiago Salvático e Gugu Liberato com casacos de frio em meio à neve

Thiago Salvático revelou que se relacionava com Gugu Liberato desde 2011; chef desistiu de batalha judicial

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 14/10/2020 - 9h39

Suposto namorado de Gugu Liberato, Thiago Salvático mostrou no Instagram, na madrugada desta quarta-feira (14), o último presente que ganhou do apresentador antes de sua morte, em novembro de 2019. Em um jogo de perguntas e respostas com os seguidores, o chef revelou que ainda tem uma peça de roupa do comunicador. "Tem o cheiro dele", disse.

"Uma das últimas coisas mais importantes que ele me deu foi essa camiseta que ele usou. Tem o cheiro dele. Eu derramei café na minha, e ele me deu essa para eu colocar. O cheiro dele está aqui ainda", contou.

Gugu Liberato morreu em 22 de novembro do ano passado após sofrer um acidente doméstico nos Estados Unidos. Desde então, Rose Miriam, mãe dos três filhos do apresentador --João Augusto, Marina e Sophia-- trava uma batalha judicial pelo reconhecimento de união estável com ele.

Contudo, meses após a morte do apresentador, veio à tona um suposto relacionamento que ele mantinha com Salvático. Assim como Miriam, ele também chegou a pedir o reconhecimento da união estável, o que lhe renderia uma parte do espólio do apresentador, avaliado em cerca de R$ 1 bilhão. Entretanto, diferentemente dela, desistiu do processo em junho.

Segundo o chef de cozinha contou em entrevista ao Fantástico, eles teriam começado o relacionamento em 2011.

Nova disputa judicial

Thiago Salvático venceu uma batalha judicial que travava com Guilherme Stangherlin desde maio. O empresário entrou com um pedido de divórcio litigioso no Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, com o intuito de comprovar união estável com o chef e conseguir parte de seus bens.

Entretanto, de acordo com processo obtido pelo Notícias da TV, a Justiça brasileira concluiu que o pedido é improcedente, pois o ex-casal se conheceu na Alemanha, e a casa onde moravam juntos, bem como a sorveteria que reformaram, também ficam no país europeu.

Sendo assim, não seria possível julgar no Brasil a divisão de bens que estão no exterior.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?