Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MALVINO SALVADOR

Após 'derrapadas' em Fina Estampa, ator suspira aliviado em Haja Coração

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Malvino Salvador abre a porta e sai de um carro de corrida com capacete, luvas e macacão caracterizado como Apolo em cena de Haja Coração

Malvino Salvador interpreta Apolo em Haja Coração: de caminhoneiro a piloto de corrida na novela

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 14/10/2020 - 7h05

Os cinco anos que separam as gravações de Fina Estampa (2011) e Haja Coração (2016) parecem muito mais para Malvino Salvador. O ator confessa que assistirá à novela das sete com mais tranquilidade do que acompanhou a reapresentação da trama de Aguinaldo Silva durante a pandemia de coronavírus (Covid-19) --na qual suas "derrapadas" lhe saltavam mais aos olhos.

"As reprises permitem um distanciamento que a gente não tem enquanto o folhetim está em produção. Hoje, vejo que melhorei ao longo dos anos. Errava mais antes, agora sou mais assertivo. Eu também não me incomodo mais com os erros que vejo em cena", conta o galã em entrevista ao Notícias da TV.

O artista afirma que a sua chegada à TV foi muito rápida e com pouco espaço para que ele se dedicasse a uma formação teórica. "Deixei Manaus para trabalhar como contador em São Paulo e virei ator de uma hora para outra. Fiz minha primeira peça e, três anos depois, já estava na minha primeira novela. Aprendi fazendo", justifica.

Desde a sua estreia em Cabocla (2004), ele emendou um trabalho atrás do outro até ganhar a sua primeira chance no horário nobre justamente como o Quinzé em Fina Estampa. "Eu era muito verde, às vezes, olho algumas coisas e fico até com uma raiva, que passa logo. Gosto de me rever", confidencia o artista manauara.

Sonho de criança

Malvino conta que o convite para interpretar o caminhoneiro Apolo no remake de Sassaricando (1987) o levou de volta à infância. "Eu já tinha assistido à primeira versão e me divertia muito com a Fedora [Cristina Pereira]. Sempre fui fã da novela, então entrei para gravar amarradão", entrega o marido da atleta Kyra Gracie.

Ele, contudo, preferiu não rever as cenas de Alexandre Frota como o brucutu Apolo na trama escrita por Silvio de Abreu. "Não quis ver nada, me baseei apenas nos capítulos entregues pelo Daniel Ortiz. Criei o personagem do zero. Mesmo se a gente seguisse o texto original, a melhor inspiração para o ator é construir o próprio repertório", avalia.

Em ambas as tramas, o caminhoneiro levou a melhor e ficou com Tancinha, interpretada por Claudia Raia em 1987 e Mariana Ximenes em 2016. O final feliz, contudo, ainda não é uma certeza na reprise, já que existem desfechos alternativos na manga do diretor artístico da trama, Fred Mayrink.

"Eu acho que tem que deixar rolar (risos). Muita gente torceu para o Apolo ficar com a sua namorada de infância, mas também tinha quem queria vê-lo com a Tamara [Cleo]. Foi muito dividido", despista o pai de Sofia, Kyara e Ayra, de 20, cinco e três anos --além de Rayan, ainda na barriga de Kyra.

Haja Coração foi escolhida pela Globo para substituir a reprise de Totalmente Demais. A novela de 2016 é uma adaptação de Sassaricanco (1987), novela de Silvio de Abreu. Além dos spoilers, o Notícias da TV publica diariamente os resumos dos capítulos da nova reprise das sete. 


Inscreva-se no canal do Notícias da TVno YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Haja Coração e outras novelas.


Últimas de Haja Coração


Resumos Semanais

Resumo da novela Haja Coração: Capítulos de 28 de novembro a 12 de dezembro

Sábado, 28/11 (Capítulo 42)
Tancinha e Beto são deixados na rua pelos bandidos. Camila e Giovanni se encontram na Peripécia e acabam se beijando. Afonso furta dinheiro de Cris. Adriana avisa a Tamara que ela precisa se tratar. Giovanni declara ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?