Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

COM COVID-19

Sertanejo Cauan sai da UTI, e Cleber desabafa: 'Ele estava com medo'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Cleber e Cauan em foto de divulgação para o DVD Surreal

Cleber e Cauan em foto de divulgação para o DVD Surreal; sertanejo internado com Covid-19 em Goiás

ERICK MATHEUS NERY e ELBA KRISS

Publicado em 24/8/2020 - 17h21

O sertanejo Cauan, da dupla com Cleber, teve alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva), do hospital particular Anis Rassi, em Goiânia (GO) na tarde desta segunda-feira (24). Ao Notícias da TV, a assessoria do músico confirmou que ele já está instalado em um quarto da unidade onde seguirá tratamento contra a Covid-19. "Ele estava com muito medo", desabafou Cleber, seu parceiro musical, ao A Tarde É Sua, da RedeTV!.

De acordo com o último boletim médico divulgado no início da tarde desta segunda-feira, Cauan, que está internado há quase duas semanas, apresentou melhora em seu quadro clínico, tendo uma recuperação de 20% das funções pulmonares.

Os pais do sertanejo, que também contraíram Covid-19, continuam em tratamento. João Luiz Máximo está na UTI em estado grave. Shirley Máximo foi transferida para o quarto, e seu quadro é estável.

Em entrevista para o A Tarde É Sua, Cleber desabafou sobre o drama do amigo e de sua família. "É um momento difícil que a gente está passando. Tenho muita fé e certeza de que a gente já vai ter superado tudo isso", disse.

"Parece que o quadro dele vem se arrastando. A melhora é muito lenta. A piora foi muito rápida. Porém, a melhora, a gente esperava que fosse mais rápida, mas não está tendo esse sucesso todo", lamentou.

O músico confirmou para Sonia Abrão que o cantor demorou para procurar ajuda médica após testar positivo para coronavírus. "Eu estava falando com ele sobre outras coisas, trabalho e ele falou: 'Estou com sintomas de Covid-19'. Eu perguntei se tinha febre. Ele falou: 'Tive três dias seguidos de febre'", relembrou.

"Eu falei: 'Cauan, isso é muito sério. Você tem que procurar um médico'. Ele falou: 'Estou me sentindo bem, e está dando para levar'. Fiquei em cima dele pedindo para ele procurar ajuda médica. Acho que ele ia tomar algum remédio por conta própria. E, realmente, demorou [para ir ao médico]. Acho que foi a grande falha", completou.

Cleber aproveitou para fazer um alerta à população sobre o perigo do vírus. "Sentiu alguma coisa, sentiu febre, tem que correr o mais rápido possível [para o hospital]. Porque o quadro é pesado. O que Cauan está passando é muito duro. Para ele tentar se recuperar dessa doença, ele tem que se esforçar muito", observou.

"Ele não consegue fazer nada sem o respirador. Realmente, as pessoas têm que levar muito a sério essa doença. Quando ele foi internado, ele estava muito preocupado. Foi o primeiro dia da internação, acho que caiu a ficha dele e ele sentiu que corria grande risco de vida", entregou.

Cleber admitiu que sentiu temor em Cauan ao falar sobre seu estado de saúde durante os últimos dias. "[Ele estava com] Muito medo. Medo mesmo. Senti isso, porque no dia do aniversário dele, na quinta-feira (13 de agosto), ele falou: 'Rapaz, eu estava terrível. Eu estava muito ruim. Hoje, graças a Deus, melhorei. Só consigo ficar bem quando coloco oxigênio'", finalizou.

Confira a entrevista de Cleber ao A Tarde É Sua:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?