Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Garota-propaganda

Após dez anos de reclusão, Ana Paula Arósio volta a aparecer na TV; entenda

Divulgação/TV Globo

Ana Paula Arósio com expressão séria em cena da série Na Forma da Lei (2010)

Ana Paula Arósio em cena da série Na Forma da Lei (2010), seu último trabalho na Globo e na televisão

REDAÇÃO

Publicado em 24/8/2020 - 14h15

Uma das principais musas da Globo entre o fim dos anos 1990 e início dos anos 2000, Ana Paula Arósio voltará a aparecer na TV muito em breve. A atriz, que teve seu último papel na emissora em 2010 e na última década viveu reclusa, totalmente afastada do mundo artístico, será garota-propaganda de uma campanha publicitária.

De acordo com a colunista Sonia Racy, do Estadão, Ana Paula Arósio gravou uma campanha do banco Santander, prevista para ir ao ar a partir desta terça (25) na tevê Segundo o colunista Flávio Ricco, do R7, pessoas próximas da atriz dizem que esta seria a primeira reaproximação dela para voltar aos trabalhos como atriz e que esse retorno visa atuar futuramente em séries ou novelas.

O Notícias da TV entrou em contato com o Santander que, por meio de sua assessoria de imprensa, não confirma oficialmente a participação de Ana Paula Arósio em seu material publicitário.

Após causar furor e conquistar fama e reconhecimento com protagonistas em Hilda Furacão (1998) e Terra Nostra (1999), por exemplo, Ana Paula deixou de trabalhar na TV em 2010. Seu último trabalho foi na série Na Forma da Lei.

Em seguida, ela foi a ser escalada para viver a protagonista de Insensato Coração (2011). Quando a produção da novela já havia sido iniciada, ela faltou em gravações e rompeu o contrato com a Globo. Acabou substituída na trama por Paolla Oliveira.

Fora da emissora, Ana Paula escolheu viver em reclusão --inicialmente em um sítio no interior de São Paulo; depois, na zona rural de Swindon, na Inglaterra, onde vive até hoje com o marido, Henrique Plombon Pinheiro.

"Desde menina eu queria parar de trabalhar ce­do para curtir a vida. Não penso em voltar pa­ra um veículo ou outro”, disse em uma rara entrevista que concedeu à revista Claudia, em 2015. O trabalho mais recente dela foi o filme A Floresta Que Se Move (2015).

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?