Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TRAGÉDIA EM 2019

Paulo Cupertino preso: Entenda quem é quem no caso da morte de Rafael Miguel

REPRODUÇÃO/POLÍCIA CIVIL E INSTAGRAM

Montagem com Paulo Cupertino e Rafael Miguel (1996-2019)

Paulo Cupertino e Rafael Miguel (1996-2019); suspeito de assassinato foi preso nesta segunda (16)

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 16/5/2022 - 19h39

Quase três anos após a morte de Rafael Miguel (1996-2019), Paulo Cupertino foi preso nesta segunda-feira (16) pela Polícia Civil de São Paulo. Ele estava foragido desde o dia do crime, ocorrido em 9 de junho de 2019 na zona sul de São Paulo.

"Sou inocente. A minha filha [Isabela Tibcherani] me condena, mas vamos esperar a Justiça para saber a verdade. Olha minha filha ontem e olha hoje", afirmou Cupertino na chegada ao prédio da DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). O empresário fez o exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) e encontra-se à disposição da Justiça.

Segundo as informações da polícia, Rafael Miguel e os pais, João Alcisio Miguel e Mirian Selma Miguel, tinham ido à casa de Isabela Tibcherani para conversar sobre o namoro dos jovens. Por volta das 13h55, Cupertino chegou armado no local e atirou contra a família Miguel. Rafael, João e Mirian morreram na calçada.

Paulo Cupertino

Paulo Cupertino é pai de Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Miguel. Segundo as informações divulgadas pela Polícia Civil, o empresário não aceitava o relacionamento da filha com o ator, o que teria motivado o crime.

De acordo com o G1, o acusado viveu durante oito meses no Mato Grosso do Sul, onde morou em um sítio na cidade de Eldorado e usou o nome falso de Manoel Machado da Silva. Também existem indícios de que ele se escondeu em municípios do interior de São Paulo e do Paraná, além do Paraguai.

Cupertino foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por triplo homicídio duplamente qualificado.

Isabela Tibcherani

Isabela Tibcherani era namorada de Rafael Miguel. Em entrevista ao Repórter Record Investigação em 2020, a jovem confessou que planejava fugir com o ator.

"Ele [Rafael] falou assim: 'Eu vou trabalhar, tenho um dinheiro guardado e estou indo atrás de uma casa para a gente morar, só que você tem que estar disposta a ir embora. Embora de fato, você quer ir embora?'. Ele foi atrás, encontrou uma casinha bacana para a gente morar e estávamos com esses planos", disse ela.

A influenciadora também detalhou a relação conflituosa com Cupertino e afirmou que chegou a ser agredida: "É difícil buscar uma imagem afetiva do meu pai. Tenho muito mais lembranças dele como pessoa agressiva do que como um pai. Ele pegou um prato, quebrou na minha cabeça, e eu não podia chorar. 'Não chora não. Se chorar, tem mais' [teria dito Paulo]".

"Ele [Cupertino] criou teorias abomináveis na cabeça dele de que o Rafael não era a pessoa certa pra mim", reforçou Isabela.

Rafael Miguel

Rafael Miguel era um jovem ator, com trabalhos no SBT, na Globo e em campanhas publicitárias. Seu último trabalho na TV foi como o órfão Paçoca na novela Chiquititas (2013). Na emissora de Silvio Santos, ele também deu vida ao personagem Bentinho na novela Cristal (2006).

Na Globo, Miguel fez uma participação na série JK (2006). Em Pé na Jaca (2007), o ator interpretou Percival, filho de Arthur Fontana (Murilo Benício) e Vanessa (Flávia Alessandra).


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.