Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVO CAPÍTULO

Caso Rafael Miguel: Paulo Cupertino é preso após quase 3 anos foragido

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

Imagem de Paulo Cupertino

Paulo Cupertino, acusado de matar Rafael Miguel (1996-2019) e os pais do ator, foi preso

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 16/5/2022 - 18h11
Atualizado em 16/5/2022 - 18h34

Paulo Cupertino Matias, acusado de matar Rafael Miguel (1996-2019) e os pais do ator, foi preso nesta segunda-feira (16). Ele estava foragido há quase três anos, desde o dia do crime. Na chegada ao prédio do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), o empresário afirmou que é inocente das acusações: "Não matei ninguém".

"Fizemos um serviço de investigação no hotel em que ele estaria escondido. Hoje a tarde, confirmamos a informação e efetuamos a prisão. O hotel fica em Interlagos. Ele estava sem celular e documentos", afirmou o delegado responsável pelo caso em entrevista ao Brasil Urgente (Band).

Cupertino liderava a lista dos criminosos mais perigosos e procurados do Estado de São Paulo. Nas últimas horas, ele fez o exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) e está à disposição da Justiça.

Isabela Tibcherani, namorada de Miguel e filha de Cupertino, se emocionou com a prisão durante uma entrevista a José Luiz Datena. "Ainda estou assimilando. A minha primeira reação ao receber a ligação foi: 'Você tem certeza do que está falando? Confirma isso? Pois, não posso ter a minha vida balançada agora'. Faz literalmente cinco minutos que descobri", comentou a jovem.

Isabela não quis recapitular a tragédia, e Datena preferiu encerrar a entrevista. "Não posso dizer para você que me sinto mal, mas também não sei dizer se me sinto bem", destacou a jovem com a voz abatida.

Em seguida, a namorada do ator comentou sobre a prisão do pai nos Stories do Instagram: "Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito a respeito agora, mas quero agradecer a todas as mensagens e todo apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço. Grata".

Rafael Miguel foi assassinado em 9 de junho de 2019, juntamente com os pais, João Alcisio Miguel e Mirian Selma Miguel. Segundo o Ministério Público, Cupertino cometeu os crimes porque não aprovava o namoro da filha com o ator. O empresário é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.