Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TRAGÉDIA DE 2016

Nizo Neto detona Leona Cavalli por comentário após morte do filho: 'Idiota'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE E INSTAGRAM

Nizo Neto em entrevista ao podcast Inteligência Ltda. (à esq.) e Leona Cavalli em vídeo no Instagram (à dir.)

Nizo Neto em entrevista ao podcast Inteligência Ltda. (à esq.) e Leona Cavalli em vídeo no Instagram

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 25/3/2021 - 9h06

Nizo Neto detonou Leona Cavalli por ter feito um comentário insensível sobre Rian Brito (1991-2016), filho do humorista que morreu afogado em 2016. A atriz teria abordado o comediante e dito que tudo foi muito difícil para ela. "Foi difícil pra você? Meu filho morreu. Idiota", declarou o comediante, revoltado.

Em entrevista ao podcast Inteligência Ltda., Nizo Neto foi questionado sobre o momento mais difícil de sua vida. O artista, então, relembrou a tragédia com o herdeiro, encontrado morto na Praia de Quissamã, município do Rio de Janeiro, há cinco anos.

Na época da fatalidade, o filho de Chico Anysio (1931-2012) e a ex-mulher dele, a atriz e cantora Brita Brazil, associaram a morte do rapaz à mudança de comportamento após o consumo do chá de Ayahuasca, substância ingerida na Porta do Sol, centro espiritual fundado por Leona.

"No caso dele foi um horror. Ele tomou Ayahuasca e pirou, teve um surto psicótico. Entrou num processo de anorexia, não queria mais comer, ficou uma caveira, um horror. Teve que internar em psquiátrica, os médicos perguntaram se ele fazia uso de alguma coisa, mas ele não tomava nada, não tomava chope. Não fumava baseado, nada", começou o comediante.

"Mas, numa busca espiritual, foi tomar essa porra e pirou. Tomou quatro doses. Tem gente que toma a vida inteira e não acontece nada, tem gente que bota na mamadeira e dá pro bebê e não acontece nada. A Ayahuasca você tem que tomar um copinho de café, deram pra ele um copo de água cheio", relembrou.

O intérprete de Ptolomeu na Escolinha do Professor Raimundo (1990-1995) relembrou que adeptos do consumo de Ayahuasca o atacaram por atribuir a morte de Rian ao chá. "Falaram coisas horríveis. Eu tive que falar, tinha que fazer um alerta [pras pessoas] tomarem cuidado. Se seu filho tiver tomando, não sei como você vai controlar, mas ele pode ter algum [problema]", afirmou. 

Em seguida, Nizo contou que Leona teria abordado ele durante um evento e dito que a acusação de que Rian morreu após tomar a substância foi muito difícil para ela.

"Era um negócio da Leona Cavalli, né. Tô um dia numa estreia, ela vem e diz: 'Oi, tudo bom? Queria falar contigo. Porque ficou muito chata essa situação, queria que você entendesse que foi muito difícil pra mim'. Falei: 'Pera aí, você não é mãe, né? Foi difícil pra você, pra sua carreira? Meu filho morreu'", relembrou. 

"Porque vocês administram uma coisa irresponsavelmente. [Ela] 'Não, não tem nada a ver'. Claro que tem a ver. O moleque tomou Ayahuasca e pirou. Os psiquiatras vêm me dizer que é Ayahuasca e vai dizer que não? Não é achismo da minha parte. O cara foi diagnosticado em uma clínica psiquiátrica muito séria", contou. 

"E você vem me dizer que foi muito difícil pra você? Vai à merda! Quer chamar a imprensa? Num coquetel de estreia? [Sem noção] Total. Idiota", finalizou o comediante, revoltado. 

Confira: 


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Outubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco original

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas