Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

GUERRA SEM FIM

Mayra Cardi desabafa sobre abusos constantes de Arthur Aguiar: 'Estupro mental'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Mayra Cardi em entrevista para Na Lata com Antonia Fontenelle no YouTube em 27 de janeiro de 2020

Mayra Cardi em entrevista para o Na Lata, com Antonia Fontenelle; ex-BBB desabafou sobre Arthur Aguiar

REDAÇÃO

Publicado em 27/7/2020 - 23h18

Mayra Cardi voltou a desabafar sobre os abusos constantes que sofreu de Arthur Aguiar. A analista comportamental definiu o casamento de três anos que teve com o ator e cantor como uma violência psicológica extrema. "É um estupro mental diário. Aí, quando você vê, está completamente envolvida e não tem mais personalidade", disse em entrevista para o canal Na Lata, com Antonia Fontenelle, nesta segunda-feira (27).

A ex-BBB analisou o comportamento controlador do ex-marido e diz ter ficado surpresa com o fato de muitos não saberem identificar uma agressão. "[Alguns homens] Para parecer mais homem para eles mesmos, precisam sair com essa quantidade de mulheres ou até me mesmo diminuir a mulher que está ao lado dele ao invés de conseguir ser por ele mesmo, lutar por ele mesmo. É o tal do comportamento abusivo", explicou.

"Muitas pessoas não sabiam o que era, o que achei muito interessante disso tudo. Sinceramente? O cara que chega batendo, muitas vezes é melhor --entre muitas aspas--, porque você vê e corre logo. O cara que te levanta a mão é muito mais fácil de identificar, do que o príncipe encantado que vai te fazendo aquele estupro mental. Aí, é abuso em todas as áreas da sua vida", desabafou.

Anteriormente, Mayra relatou que Aguiar controlava seus horários, suas roupas e amizades. Em um dossiê publicado por ela nas redes sociais, há prints de conversas em que o artista questiona a mulher até sobre sua localização.

Em um novo capítulo da separação, o ex-funcionário da Globo confirmou que levará a briga para a Justiça: ele quer parte dos lucros da empresa da ex por afirmar ter trabalhado com ela na gestão do negócio.

"De todas as decepções, essa coisa do abuso patrimonial tem sido a mais decepcionante. É algo que realmente eu não imaginava. Tenho uma empresa de inteligência emocional e de emagrecimento pela inteligência emocional. Eu tenho 26 certificados de inteligência emocional. Ele nunca estudou nada sobre inteligência emocional e só come pizza", observou Mayra.

"Ele não tem ligação nenhuma [com a empresa]. Ele é ator e cantor. Como é que ele acha que tem direito a qualquer coisa do meu métier? Já não basta todos esses anos que ele, literalmente, mamou na teta? Vivendo uma vida de luxo?", reclamou.

Para Antonia, a coach voltou a afirmar que bancou financeiramente o ex-marido. "Ele [vivia] pagando prostituta e hotéis caros. Não basta? Já não está bom? Você quer agora mais um pouco, meu amor? Três anos pagando suas putas, teus luxos, tua vida de príncipe, viagens e hotéis", listou.

"Você quer agora que eu pague para me livrar de você? Então, tá bom. Eu pago. Só que não vai ser só isso. Infelizmente, isso não fica por aqui", avisou a ex-BBB.

Ao Na Lata, a empresária relembrou o abuso sexual que sofreu quando tinha 18 anos de um outro ex-namorado. A falar do tema, revelou que tomou a decisão de escrever um livro sobre suas experiências dramáticas.

"Tive alguns relacionamentos conturbados. As pessoas vão saber mais sobre isso, pois comecei, na semana passada, a escrever um livro sobre isso. As pessoas entenderão melhor sobre essas questões", declarou.

"Eu nunca falava sobre o assunto porque é desconfortável. Não é uma coisa que você se orgulha de falar. Muito pelo contrário, são feridas. Não é uma coisa que as pessoas falam abertamente porque, normalmente, quem é vítima ainda tem um sentimento de vergonha. É um assunto obscuro", considerou.

Veja entrevista de Mayra Cardi para o Na Lata com Antonia Fontenelle:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?