Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

REFLEXÃO

Luciana Gimenez revela que sofre de autoestima baixa: 'Me acho feia'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

A apresentadora Luciana Gimenez sorri em vídeo publicado em seu canal no YouTube

Luciana Gimenez em vídeo publicado no YouTube; apresentadora refletiu sobre autoestima e amor próprio

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 5/1/2021 - 9h11
Atualizado em 5/1/2021 - 9h37

Famosa por posar de biquíni na neve e com muitos carões, Luciana Gimenez revelou que sofre de autoestima baixa desde a adolescência. "Eu me acho feia, acho que sou alta demais. Não gosto das minhas pernas, da minha bunda", declarou a apresentadora em um vídeo publicado em seu YouTube nesta terça-feira (5).

"Eu tinha combinado de falar de autoestima. Hoje era um dia em que falei: 'Vou fazer vídeos'. Cheguei no meu quarto hoje, olhei para a minha cara e falei: 'Como vou olhar para a minha cara e falar de autoestima se eu estou sem nenhuma?'. Será que era para ser um vídeo motivacional? Se for, não vai dar certo. Porque eu não estou com nenhuma autoestima", admitiu ela.

"A minha barriga é bonita, ok, mas como vou falar para as pessoas que estão me assistindo de autoestima? Estranho, né", começou a funcionária da RedeTV!. Com vários vídeos antigos dela mesma, Luciana relembrou alguns de seus traumas do passado. 

"Quem me liga? É alguém pra levantar a minha autoestima? Minha mãe, vai piorar", debochou ela, após interromper o raciocínio para ver seu celular tocando. "Depois eu atendo. Até porque, eu vou contar pra vocês uma coisa interessante", afirmou a comunicadora.

"Outro dia, meu namorado [Eduardo Buffara], a gente tava na praia, e eu levantei, peguei uma canga e amarrei na minha bunda, e ele me perguntou por que eu fiz isso. Eu disse que tinha horror à minha bunda", relatou a apresentadora do Superpop. 

"Quando eu era criança, no colégio, me chamavam de saracura, e todo mundo ria, batia palma. Eu odiava, chorava, chegava em casa chorando. Eu tinha 1,20 cm de perna e o resto era um corpinho assim [pequeno]. Eu usava calça de moletom por baixo da calça jeans pra parecer que a minha perna era mais grossa", relembrou a ex-mulher de Marcelo de Carvalho.

A titular do Luciana by Night ainda relatou várias críticas que recebeu na época em que era modelo. "Esse problema de autoestima eu tive sempre, as pessoas acham que eu sou uma diva maravilhosa. Ok, quando eu tô arrumada, quando tô produzida, é um personagem. Mas não é uma coisa que eu tenha conquistado dentro de mim todos os dias", explicou.

"Se você me perguntar se eu sou uma boa mãe, sim, isso eu realmente acho que sou porque eu tento muito. Agora, autoestima como pessoa eu não sei se tenho tanto. Se esse vídeo era pra ser explicando como conquistar essa autoestima, eu ainda tô correndo atrás", ressaltou a mãe de Lucas Jagger e Lorenzo Gabriel Morad Fragali.

"A minha mãe fez uma brincadeira comigo uma vez que ela falava que eu era a Belém-Brasília mal-acabada, ela achava engraçado. Pra gente ver como a gente fala uma coisa sem maldade pros filhos, mas pega. A Belém-Brasília era uma estrada que não acabava nunca e que era muito comprida", relembrou.

"Eu reparei que autoestima é uma conquista diária, não adianta eu postar uma foto gostosona. O que eu tô te ensinando aqui é resiliência, porque você não pode se trocar por outro, assim como eu não posso me trocar por outra pessoa. Eu tô na batalha todos os dias", finalizou Luciana Gimenez. 

Confira a reflexão de Luciana Gimenez: 

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Quem foi o melhor ator ou atriz de novela do ano?

Web Stories

+
Última temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembre

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas