Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PASSADO AGITADO

José de Abreu relembra sexo com Maria Zilda e Vera Fischer em biografia

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator José de Abreu olha sério como o personagem Santiago em cena de Um Lugar ao Sol, novela da Globo

José de Abreu em cena de Um Lugar ao Sol, novela das nove da Globo; ator relembrou passado de galã

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/1/2022 - 9h46
Atualizado em 1/1/2022 - 21h08

José de Abreu recordou seu passado amoroso com Maria Zilda Bethlem e Vera Fischer em seu livro autobiográfico (dividido em duas partes), em que dá detalhes sobre os namoros. "Claro que sempre tem coisas que não dá para falar por questão de respeito. Coisas muito íntimas", ponderou o veterano.

"Com a Maria Zilda foi algo bonito. Ela era adulta, solteira. Não tem nada de mais. Sobre a Vera Fischer, até publicaram na época [do envolvimento]", avaliou o ator em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do O Globo.

"Claro que sempre tem coisas que não dá para falar por questão de respeito. Coisas muito íntimas. Tudo tem um limite. Mas meu filtro foi bem amplo. E liguei para algumas pessoas perguntando: 'Posso falar?'. Algumas disseram: 'Prefiro que você não fale'", revelou Abreu. 

Em sua publicação intitulada Abreugrafia, o autor relatou as aventuras sexuais que viveu com Maria Zilda nos bastidores do filme A Intrusa (1979), além de uma noite tórrida de sexo com Vera após um jantar em um restaurante. Com a repercussão de suas histórias, o agora escritor cogita escrever um novo livro.

"Com coisas que não eram delicadas só para mim, tive cuidado. Não estava interessado em criar polêmica para vender livro. Foi muito trabalhoso, mas não sei. De repente, um livro de viagens, sobre as que tenho feito ao longo da vida. Mas não está nada decidido", concluiu. 

Apesar de ter dito que José de Abreu tinha mau hálito nas gravações da novela Bebê a Bordo (1988), Maria Zilda teria se aventurado bastante com o colega de elenco, segundo ele. 

"Transávamos no meio do nada na hora do almoço, comer para quê? Pegava o cavalo do personagem, a colocava na garupa e íamos para baixo de uma árvore, longe dos olhares da equipe. Estendia meu poncho azul com forro vermelho na relva e nos amávamos como se a vida acabasse ali", relembra Abreu em sua autobiografia.

Sobre Vera Fischer, o veterano contou do interesse romântico da atriz por ele. "O restaurante foi esvaziando e, quando acabamos de jantar, não tinha mais quase ninguém. Durante todo o tempo notei que Vera estava a fim de mim. 'Oba', pensei. Mas não me atrevi a atacar", escreveu.

"Quando fui ao banheiro, a Liège Monteiro [empresária] me disse mais ou menos assim: 'Ela cismou que quer ficar com você hoje'. 'Ok, pode me usar à vontade', disse. Quando voltei à mesa olhei bem no fundo dos seus olhos, segurei seu rosto com as duas mãos e mandei: 'Quero você'". 

Na sequência, Abreu relatou a noite romântica que começou em um restaurante e terminou na casa em que a artista vivera com Perry Salles (1939-2009), com quem ela havia sido casada entre 1972 e 1987. 

"Eu sabia que Vera se sentiria muito melhor sendo escolhida do que escolhendo. Começamos a nos pegar ali mesmo, beijos, abraços, toques, loucura, e os garçons ali. Fomos para a casa dela, se não me engano a casa onde morara com o Perry Salles. E tive uma das mais lindas noites de amor da minha vida", finalizou o ator na obra. 


Leia também

Enquete

Você acha que a edição 2022 de No Limite vai superar a do ano passado?

Web Stories

+
Pão Pão, Beijo Beijo chega no Viva 39 anos depois: Quais atores já morreram?Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na tramaEnquete: Barraqueiro x Sem graça - Vote no casal que vai gerar caos no Power Couple

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas