Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOTA DE PESAR

Bolsonaro é acusado de hipocrisia ao lamentar morte de Paulo Gustavo

DIVULGAÇÃO/GOVERNO FEDERAL/JOÃO COTTA/TV GLOBO

Montagem com os rostos de Jair Bolsonaro e Paulo Gustavo, usando um boné

Jair Bolsonaro publicou votos de pesar pela morte do humorista Paulo Gustavo e foi criticado na web

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 5/5/2021 - 9h49
Atualizado em 5/5/2021 - 10h39

Jair Bolsonaro publicou uma nota de pesar na madrugada desta segunda-feira (5) em homenagem a Paulo Gustavo (1978-2021), que morreu em decorrência da Covid-19. A postura do presidente do Brasil revoltou internautas, que acusaram o político de hipocrisia no Twitter.

"Com seu talento e carisma, conquistou o carinho de todo o Brasil. Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a Covid", escreveu Bolsonaro.

Diversos comentários críticos à postagem tiveram milhares de curtidas e compartilhamentos. Entre eles, o de um usuário identificado como Gabriel: "Como você tem coragem de postar isso sabendo que poderia ter feito tanto mais pra salvar a vida dele e de milhares de brasileiros?". "Você é o maior responsável pelo que aconteceu com o Paulo. Você é o maior responsável por esses 400 mil Paulos", publicou Bruno Muito Humilde.

"Você é culpado! Negacionista! Vai pagar por tudo que vem fazendo! O pior presidente que esse país já teve", criticou Luka Fraz. Já Tatá Lopes postou: "Você é responsável pela morte do Paulo, seu merda. Era para ele estar vacinado". Tay Yukimi seguiu pelo mesmo caminho: "Se você tivesse tomado uma medida diferente, nada disso teria acontecido, mas era só uma gripezinha, né?".

O humorista Paulo Gustavo morreu às 21h12 de terça (4), por conta da doença causada pelo coronavírus. Internado desde 13 de março, o ator passou por um agravamento em seu estado de saúde no começo de abril e precisou fazer terapia por oxigenação por membrana extracorpórea (Ecmo) e receber transfusão de sangue.

Na manhã desta quarta (5), o apresentador do Bom Dia São Paulo, Rodrigo Bocardi, fez um desabafo sobre a lentidão do programa de vacinação no Brasil, citando o ator:  "Paulo Gustavo não teve a chance, tantas famílias e outras pessoas que não tiveram a chance de tomar a vacina. Não podemos nos conformar".

"Temos que cobrar dos nossos governantes, relembrar e responsabilizar aqueles que trataram isso de forma omissa. A gente tem que ter consciência de que era para estarmos em uma situação muito melhor se não fosse esse monte de trapalhada que a gente vem acompanhando até aqui", concluiu o jornalista, sem citar nomes.

Confira abaixo algumas críticas à postagem de Jair Bolsonaro:

A morte do humorista alterou a grade de programação da Globo às pressas na noite de terça-feira (4). Após uma interrupção da novela Império (2014) por um plantão do Jornalismo apresentado por Renata Lo Prete, por volta das 22h15, a emissora também suspendeu o Profissão Repórter para reexibir o especial 220 Volts, protagonizado por Paulo Gustavo.

Já Ana Maria Braga, apresentadora do Mais Você, anunciou que uma edição especial da atração em homenagem ao comediante vai ao ar nesta semana: "Nós vamos falar de Paulo Gustavo aqui no programa na sexta-feira [7]. Faremos uma homenagem especial ao nosso amigo querido".


Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?