Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LOJA DE LUXO

Irmã de Gil do Vigor denuncia racismo em shopping de SP: 'Doeu muito'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Gilberto Nogueira e Janielly Nogueira

Gilberto Nogueira e Janielly Nogueira; irmã do ex-BBB denunciou racismo em loja de luxo em SP

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 9/6/2021 - 16h36
Atualizado em 10/6/2021 - 16h06

Janielly Nogueira, irmã do ex-BBB Gilberto Nogueira, denunciou ter sido vítima de racismo na loja de um shopping na Vila Olímpia, bairro nobre de São Paulo. Nesta quarta-feira (9), a influenciadora digital disse que foi ignorada por uma vendedora por causa da cor de sua pele. "Doeu muito", destacou.

"Fui comprar uma bolsa, estava junto com a assessora da minha mãe. A vendedora me ignorou, me tratou como um nada por ser negra, e a assessora da minha mãe ser galega. A assessora sempre dizia que a bolsa era para mim, mas a vendedora fingia que não estava ouvindo, realmente me ignorando por ser preta, acredito que foi esse o motivo", desabafou Janielly no Instagram.

Na sequência de vídeos, a influenciadora digital destacou que a assessora alertou a funcionária da loja de que a cliente era Janielly mas, mesmo assim, a irmã do ex-BBB seguiu sendo ignorada: "Me doeu muito porque vivi o racismo e o preconceito de perto".

"Queria deixar um recado para essa jovem: 'Querida, amo a minha cor!'. Queria ser mais pretinha, mas Jesus me fez assim. Sou muito orgulhosa de tudo o que vivo. Não consigo entender como as pessoas no século 21 conseguem ter esse pensamento, de humilhar na cara de pau, pois ela nem disfarçou", complementou a influenciadora, que destacou que Gilberto ficou indignado com o caso.

Procurada pelo Notícias da TV, a assessoria de imprensa da Amaro lamentou o ocorrido e informou que realizará apurações internas para solucionar o caso de Janielly. 

Confira o relato de Janielly Nogueira:

Confira, na íntegra, o posicionamento da Amaro:

"A Amaro é uma marca que apoia a diversidade em todos os aspectos, desenvolvendo iniciativas internas e externas para trazer esse tema à tona. Repudiamos qualquer tipo de atitude racista ou preconceituosa e com o objetivo de ampliar essa discussão, criamos, em 2019, um Comitê de Diversidade, que nos ajuda a construir pontes para o diálogo e na tomada de decisões importantes em torno do tema diversidade, envolvendo times do administrativo e de vendas.

Temos consciência de que estamos no início de uma longa jornada de aprendizado e conscientização, mas empenhados em trazer as melhores práticas nesse sentido, envolvendo nossos colaboradores e clientes. Reiteramos que apurações internas serão realizadas para solucionar o caso e sentimos muito pelo ocorrido com a nossa cliente Janielly Nogueira."


Leia também

Web Stories

+
Sex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?