Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUTO

Intérprete do Louro José, Tom Veiga é encontrado morto no Rio de Janeiro

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM/TV GLOBO

Montagem do ator Tom Veiga e do personagem Louro José

Tom Veiga interpretava o personagem Louro José na Globo; ator morreu neste domingo (1º)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/11/2020 - 18h00
Atualizado em 1/11/2020 - 20h06

Intérprete do Louro José no Mais Você, Tom Veiga foi encontrado morto aos 47 anos neste domingo (1º) em sua casa na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O ator interpretava o personagem companheiro de Ana Maria Braga há 20 anos nas manhãs da Globo. De acordo com o laudo do IML, a causa da morte foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) causado por um aneurisma.

A notícia foi dada pelo narrador Luis Roberto ao vivo durante a transmissão do jogo entre Flamengo e São Paulo. De acordo com fontes do Notícias da TV, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, e o médicou atestou o óbito no local.

Em nota, a Globo lamentou a morte do artista e informou que Ana Maria Braga comandará o Mais Você ao vivo na segunda-feira (2) em homenagem ao amigo.

Antes de dar vida ao Louro José, Tom Veiga era assistente de estúdio no Note e Anote (1991-2005), na Record. De acordo com o Memória Globo, o papagaio foi idealizado pela própria Ana Maria Braga. A apresentadora contou que pensou em criar algo para chamar atenção das crianças quando seu programa começasse, já que era antecedido por um infantil.

Em 2017, quando o personagem completou 20 anos, Ana Maria se declarou. "Meu papagaio mais amado, meu filho. Obrigada pela companhia, parceria, lealdade. A gente nunca discutiu, nunca brigou, a gente nunca ficou sem se falar por nenhuma razão. É uma das relações mais fantásticas da minha vida".

Confira a nota da Globo na íntegra:

Morre Tom Veiga, o intérprete de Louro José

Tom Veiga, 47 anos, o intérprete do papagaio Louro José, companheiro de Ana Maria Braga no ‘Mais Você’, foi encontrado morto neste domingo, dia 01, em sua casa, no Rio de Janeiro. A causa da morte está sendo apurada.

Emocionada, Ana Maria Braga comandará o 'Mais Você' ao vivo nesta segunda-feira, dia 02, em homenagem ao seu grande amigo e companheiro de jornada. “Perdi meu parceiro de todo dia, meu amigo, meu filho. O Tom era um menino de sorriso solto, sempre alegre, com um humor único e talentoso demais. A fragilidade da vida nos pegou mais uma vez de surpresa e me deixou completamente sem chão. O momento agora é de oração", declara a apresentadora.

Tom Veiga era responsável pela voz e manipulação do personagem, que foi idealizado por Ana Maria em 1996, quando a apresentadora ainda comandava o ‘Note e Anote’, na Record. Louro José chegou à Globo com Ana Maria Braga em 1999, marcando presença no ‘Mais Voce’ com frases bem-humoradas e protagonizando momentos divertidos e cheios de cumplicidade com a apresentadora.

"O Louro José é encrenqueiro, rabugento, chavequeiro, galanteador, mas é muito divertido, inteligente. Às vezes, quando eu revejo um programa, eu me pego dando risada. Eu dou risada com o Louro. O legal na personalidade dele é que cresceu, mas continua uma grande criança", disse Veiga, em depoimento ao site Memória Globo".

Vida e carreira

Veiga foi casado duas vezes. Primeiro durante 14 anos, com Alessandra, mãe de sua filha. O relacionamento terminou em 2018, ano em que conheceu Cybelle, sua última mulher.

No último dia 12, Tom Veiga se separou de Cybelle Hermínio Costa, com quem se casou em janeiro deste ano. A relação chegou ao fim após nove meses da cerimônia realizada no Rio de Janeiro, antes da pandemia da Covid-19. O parceiro de Ana Maria, então, voltou a morar em São Paulo.

Tom Veiga conheceu Ana Maria Braga na década de 1990. Ele fazia a divulgação de uma feira de artesanatos no MASP (Museu de Arte de São Paulo), onde a apresentadora ia para divulgar o vespertino da Record. Convidado a integrar a equipe, Veiga aceitou e virou assistente de produção.

Depois, ele passou a ser coordenador de estúdio e produtor executivo do Note e Anote. Antes do programa, foi office-boy, motorista de ambulância e também trabalhou com eventos.

Veiga se transformou em Louro José no dia 6 de março 1997. Ana Maria, em conversa com seu ex-segurança e então marido Carlos Madrulha, alertou para a necessidade de ter um boneco para alegrar o programa e interagir com ela.

Na falta de alguém para interpretar a figura, Veiga foi escolhido para o cargo pelo seu senso de humor. Seu sucesso o fez ser efetivado na função, que ocupou por 23 anos, se tornando o boneco mais famoso da TV brasileira.

O nome do personagem surgiu naturalmente, já que Ana Maria já tinha um papagaio chamado José e que havia sido batizado assim por repetir as frases ditas pelo filho dela, Pedro José.

Em setembro de 1997, seis meses após a estreia do personagem, teve início um imbróglio judicial. A Record tentou registrar a marca Louro José no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). O pedido foi negado por conta de um documento pré-existente, em nome de Ambar Agência de Eventos e Produtora Ltda, a empresa de Ana Maria Braga.

Relação com Ana Maria

No total, Tom Veiga foi o Louro José da veterana durante 23 anos, sendo dois deles na Record e 21 na Globo, no Mais Você. Recentemente, a apresentadora comemorou a parceria com o amigo. Em abril, quando voltou ao ar após a paralisação por conta da pandemia da Covid-19, ela confessou que ficou com saudades do "filho". Ele também fez participações pontuais em outros programas, como o Se Joga, em janeiro deste ano.

Foi no Se Joga, aliás, que Ana e Louro se declararam um para o outro. A apresentadora, que na ocasião estava de férias na Europa, disse que sentia muita saudade do "filho" e que morria de amor pelo "seu menino". Em resposta, ele frisou que ela mudou a sua vida.

"Não tenho o que falar da Ana. Qualquer coisa que falar dela é pouco. Ela é a grande responsável por tudo. Mudou a minha vida! Ela é incrível, sensacional. O amor que sinto por ela é de mãe mesmo. Ana, te amo. Muito obrigado".


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?