Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEM FILTRO

Indicado ao Oscar, Daniel Kaluuya critica racismo da família real britânica

Reprodução/NBC

Daniel Kaluuya faz o seu monólogo de abertura do humorístico Saturday Night Live

Daniel Kaluuya durante a sua participação no humorístico Saturday Night Live deste sábado (3)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 4/4/2021 - 13h20

Daniel Kaluuya, indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante por seu trabalho em Judas e o Messias Negro (2021), foi o convidado especial do humorístico Saturday Night Live deste sábado (3) e usou o seu monólogo de abertura para fazer uma série de críticas e ironias ao racismo da família real britânica.

As críticas do ator foram por conta da acusação de Meghan Markle de que um membro não identificado da realeza britânica teria feito comentários racistas sobre Archie, o primeiro filho da atriz com o príncipe Harry. Na ocasião, a pessoa teria demonstrado preocupação com o tom de pele que a criança iria ter ao nascer.

"Em primeiro lugar, sei que você está ouvindo meu sotaque e pensando: 'Ah, não, ele não é negro. É britânico'", brincou o ator, nascido em Londres, afirmando ser realmente as duas coisas. "Basicamente, sou o que a família real temia que o bebê fosse", completou.

Na sequência, Kaluuya continuou falando sobre o tema e comparou os racismos reproduzidos no Reino Unido e nos Estados Unidos.

"Deixe-me colocar desta forma: o racismo britânico é tão ruim que os brancos foram embora. Eles queriam ser livres. Livres para criar seu próprio tipo de racismo. É por isso que eles criaram a Austrália, a África do Sul e Boston", ironizou.

O ator encerrou seu discurso relembrando o início de sua carreira e citou a importância que participar do programa tinha para ele. Quando criança, Kaluuya era fã do sitcom Kenan & Kel (1996-2000), estrelada por Kenan Thompson, agora um dos principais integrantes do elenco do Saturday Night Live.

"Quando eu tinha 9 anos, escrevi uma peça que foi apresentada no teatro Hampshire com atores reais e tudo. Esta é uma história verdadeira: aquela peça foi baseada em Kenan & Kel. E essa peça me levou por um caminho que me trouxe a este palco, esta noite, com Kenan [Thompson] nos bastidores. E eu só quero aproveitar este momento para, na frente de Kenan e de todo o mundo, dizer: 'Obrigado, mãe. Obrigado, meu Deus. E obrigado, Kel", finalizou.

Confira abaixo o monólogo de Daniel Kaluuya na íntegra:


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?