Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TRAUMA

Giovanna Lancellotti chorou ao ser assediada em ônibus aos 14 anos: 'Nervosa'

LEO FRANCO/AGNEWS

Giovanna Lancellotti em evento de beleza em março de 2019

Giovanna Lancellotti em evento de beleza em 2019; atriz desabafou sobre assédio aos 14 anos

REDAÇÃO

Publicado em 4/8/2020 - 18h13

Giovanna Lancellotti desabafou sobre um episódio de assédio que sofreu quando tinha 14 anos e estava em um ônibus de viagem. A atriz contou que o homem que estava ao seu lado começou a se masturbar. "Lembro que fiquei muito nervosa e liguei para a minha mãe. Fui para trás do ônibus chorando", relatou. O indivíduo foi expulso do transporte após a atriz ser amparada por outra mulher.

Em entrevista para a revista Vogue nesta terça (4), Giovanna falou sobre seu mais recente trabalho, o filme Ricos de Amor, da Netflix. Apesar de ser uma comédia romântica, a produção englobou assuntos como assédio e meritocracia.

"Como é um filme cujo foco é o público adolescente, optamos por abordar temas importantes. Mas abordar de uma forma leve, meio que tratando isso com um certo humor, para não ser uma coisa pesada", explicou.

No longa, Paula, a personagem da atriz, é assediada no trabalho, o que fez a artista receber diversos relatos de outras mulheres em suas redes sociais. Ao falar sobre o tema, ela desabafou sobre o episódio do passado.

"Já aconteceu comigo quando eu tinha 14 anos, num ônibus. Eu estava indo para Ribeiro Preto [interior de São Paulo], para a casa do meu pai. No ônibus, um cara se sentou ao meu lado e começou a se masturbar", detalhou.

Giovanna Lancellotti em entrevista para a Vogue Brasil

"Lembro que fiquei nervosa e liguei para a minha mãe. Falei meio que baixinho: 'Acho que está acontecendo isso'. Ela: 'Vê se você tem certeza'. Eu olhei e falei: 'Eu tenho'. Ela disse: 'Então, sai daí e vai para o banco de trás'. Lembro que fui para trás do ônibus chorando e me sentei ao lado de outro cara", contou.

A adolescente, então, se sentiu aliviada, mas a situação não permaneceu assim por muito tempo. "Olha como são as coisas. Isso foi há 15 anos. Sentei-me ao lado dele [do outro rapaz]. Ele perguntou o que tinha acontecido e eu contei. Sabe o que ele falou para mim? 'Calma, fica tranquila. É porque você é muito novinha, quando você ficar mais velha, você vai gostar de ver essas coisas'. Juro por Deus."

"Um absurdo falar para uma menina de 14 anos isso", protestou. Giovanna só conseguiu se sentir acolhida ao ser amparada por uma mulher. "Uma moça que estava junto e que ouviu a situação se solidarizou comigo, avisou o motorista e o cara que estava se masturbando foi expulso", narrou. 

Anos após o trauma, ela conta que hoje criou o costume de enfrentar os assediadores. "A minha personalidade sempre foi muito forte. Acho que existem caras que têm até medo de falar alguma coisa e eu falar: 'Ih, olha aqui falando, olha aqui me chamando de gostosa na rua'", entregou.

A atriz, inclusive, narrou um episódio em que foi abordada por um motorista. "[Ele] parou no sinal e eu fui lá na janela dele. Falei: 'Bonito, né? Ficar mexendo com os outros na rua. Você iria gostar se fosse com você?'", disse para o condutor.

"Ele ficou tão sem graça. Então, costumo ter essa abordagem porque também acho que isso envolve criação e personalidade. Eu sou uma pessoa de personalidade forte e isso me ajudou muito", finalizou.

Veja a entrevista com Giovanna Lancellotti:

Ver essa foto no Instagram

com Giovanna Lancellotti

Uma publicação compartilhada por Vogue Brasil (@voguebrasil) em

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?