Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Cristiane Machado acusa ex-marido de ameaçá-la com faca no pescoço

Reprodução/Youtube

Cristiane Machado de roupa preta, cabelo solto, em vídeochamada com Emílio Surita, no estúdio do Pânico

Cristiane Machado participou do Pânico, na Jovem Pan; atriz falou das agressões que sofreu do ex-marido

REDAÇÃO

Publicado em 5/8/2020 - 14h57

Cristiane Machado acusou o ex-marido Sérgio Schiller Thompson-Flores de ameaçá-la de morte com uma faca em seu pescoço. Durante entrevista ao Pânico, na rádio Jovem Pan, na tarde desta quarta-feira (5), a atriz deu detalhes do pesadelo que viveu com o ex-diplomata até 2018, quando entrou com pedido de divórcio.

Há dois anos, a artista tornou pública a violência doméstica que sofria do ex-companheiro. A vítima, que atuou em Amor à Vida (2013), da Globo, chegou a ser ameaçada pelo agressor com uma faca no pescoço antes de instalar câmeras pela casa onde moravam para denunciá-lo pela segunda vez.

"Eu já estava entregue, nós morávamos numa casa muito isolada, tínhamos caseiro, mas ninguém se mete, né? Ele botou a faca no meu pescoço e disse que se eu o entregasse à polícia ele matava os meus pais", revelou Cristiane, que já havia denunciado Thompson-Flores anteriormente.

"Eu estava casada há quatro meses no civil e tinha a negação, eu não queria acreditar no que eu estava passando. E tinha também o medo da impunidade, porque o meu agressor saiu da delegacia 20 minutos depois da minha denúncia, pagando R$ 1,5 mil de fiança", completou.

Ao ser questionada sobre nunca ter percebido qualquer comportamento agressivo na época em que vivia bem com o ex, a atriz admitiu que foi ingênua e manipulada a ponto de ele mandar até nas roupas que ela queria usar.

"Hoje eu consigo perceber a violência psicológica que eu já vivia e não percebia. Eu o chamava de príncipe. Mas depois que eu assinei o sobrenome dele, toda vez que eu fazia um trabalho na TV tinha briga em casa, eu não podia mais usar biquíni, roupa de academia era muito vulgar", relatou.

Às vésperas da Lei Maria da Penha completar 14 anos, na próxima sexta-feira (7), a atriz reconheceu que a justiça brasileira evoluiu desde que fez as denúncias e se mostrou otimista.

"Me sinto vitoriosa, porque o meu agressor foi condenado a três anos de prisão em regime semi-aberto. E já ficou sete meses em Bangu [presídio no Rio de Janeiro]. Se falarmos em um homem com cultura, ex-diplomata, com dinheiro e branco, eu me sinto vitoriosa pelo que foi conquistado. Obviamente é uma lei muito branda ainda, mas acho que estamos avançando", finalizou.

Em 2019, a juíza Rafaella Avila de Souza Tuffy Felippe, do 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou Thompson-Flores a pagar indenização de R$ 1.200.329,53 a Cristiane.

Assista ao vídeo da entrevista completa abaixo, a partir dos 57 minutos: 

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas