FOCADO NA CARREIRA

Chamado de explorador, Mumuzinho desiste de investir em novos sambistas

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Mumuzinho no palco durante show em Gravataí, no Rio Grande do Sul, em setembro de 2019

Mumuzinho decidiu focar em sua própria carreira musical após desavença com jovem talento em 2019

ELBA KRISS - Publicado em 20/02/2020, às 05h10

Apresentador do SóTocaTop Verão, o cantor Mumuzinho desistiu de investir em novos talentos. O motivo foi uma briga com o também cantor Davizinho. Após descobri-lo e colocar dinheiro em seu lançamento como artista, o sambista soube que o jovem havia assinado com outro empresário e ainda foi chamado de "explorador" pelo ex-contratado.

Em julho de 2019, o climão entre os cantores terminou em um vídeo em que Márcio da Costa Batista, o Mumuzinho, explicava o imbróglio e mostrava o contrato assinado por Davizinho. Na época, o músico declarou que só receberia de volta os investimentos que fez quando o novo talento passasse a ganhar cachês de R$ 3 mil. Com a briga exposta nas redes sociais, ele deixou o caso nas mãos de seus advogados.

Passados sete meses da briga, o cantor ainda demonstra mágoa com o ex-pupilo. "Ele teve a escolha dele. Acho que é um menino que vai passar por muitas situações na vida, como eu passei para aprender", analisa em conversa com o Notícias da TV.

"Logo depois que aconteceu isso, recebi o convite da Globo [para o programa] e foquei em outras coisas. Espero que ele seja feliz. Mas não estou acompanhando a vida dele. Nem sei o que está fazendo. Espero que siga bem", pondera.

Diante da péssima experiência como gerenciador das carreiras dos outros, Mumuzinho só quer administrar a própria agenda de sambista. "Estou focado na minha [carreira], no meu EP, no meu Mantra [título de seu novo disco]", resume.

Nos últimos cinco meses, o cantor se dividiu entre as gravações do SóTocaTop Verão, na Globo, e a produção de seu álbum lançado neste mês. "Eu saía da gravação e ia para o estúdio. Nunca dava para parar. Fiz tudo ao mesmo tempo", conta.

Conhecido por suas participações no Esquenta (2011-2017), Mumuzinho celebra a oportunidade de deixar de ser coadjuvante para comandar a atração musical aos sábados na Globo. "Fico feliz pela resposta do público. A Ludmilla [co-apresentadora do SóTocaPop] é uma menina talentosa e generosa. Fica fácil. O programa tem dado certo porque a gente tem uma química e energia boa", comemora.

De Regina Casé, com quem trabalhou durante quatro anos, ele recebeu a bênção para encarar o posto de apresentador. "Ela me ajudou muito. É um monstro. Tudo que ela faz é com maestria. Ela é incrível e falou que eu tinha que ser o mesmo Mumu que era no dia a dia [no programa]", revela.

Já o lado ator de Mumuzinho, que fez Os Trapalhões (2017-2019) e a primeira temporada de Cidade dos Homens (2002-2005), ficará na geladeira juntamente com sua vertente empresarial. "Vou ser sincero. Vou dar um tempo porque estou focado na carreira de cantor. No momento, agora é mais música."

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual próxima reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook