Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA INFÂNCIA

Bruno de Luca desabafa sobre bullying: 'Diziam que ser artista era coisa de gay'

AGNEWS/EDUARDO MARTINS

Apresentador Bruno de Luca sorri e olha para a câmera

Bruno de Luca disse que foi humilhado por colegas de infância por querer ser artista

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 17/10/2021 - 16h17

Bruno de Luca abriu o coração e revelou ter sofrido bullying na infância. O apresentador de 39 anos disse que precisou lidar com comentários maldosos devido à aparência acima do peso e também pelo fato de querer seguir carreira artística, algo que lhe apontavam como ser "coisa de gay".

"No colégio, as pessoas me zoavam muito porque eu era gordinho e queria ser artista. Muitas pessoas diziam que ser artista era coisa de gay, e eu nem sabia o que era aquilo. Eu era muito pequeno. Não tinha noção do que era gordo ou magro, e eu fui engordando, e as pessoas diziam que iam comprar sutiã", relatou Luca em entrevista à jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Ele também disse que ter passado por essa experiência difícil o ajudou a moldar seu caráter e o transformou em uma pessoa com muita empatia pelo próximo.

Era horrível, e eu sofri muito quando mais novo, porque me sentia o tempo todo diminuído e não me sentia pertencendo a nenhum ambiente. Foi muito sofredor e isso me fez não aceitar que ninguém seja sacaneado ou se sinta inferior. Eu compro briga. As pessoas diziam que eu queria ser o defensor dos fracos e oprimidos, e não era isso. Eu sofri muito e, por isso, eu tenho muita empatia. É uma grande característica minha.

Apesar de se definir como alguém que tenta perdoar, o apresentador ressaltou que a traição é algo inaceitável para ele. "Tudo que eu vivo na pele, eu acabo transformando em outra coisa dentro de mim. O bullying transformei em proteção. Eu acho que temos que ampliar o nosso campo de perdão."

"Mas eu acho traição uma coisa pesada com amigos ou do casal. Não a traição física, é traição no sentido mais amplo. Se me trair, me enganar e me fizer de otário, é muito difícil", declarou.

Big Brother Brasil

Bruno de Luca, que comandou o BBB: A Eliminação, no Multishow, também disse que estaria disposto ao desafio de assumir um reality show com o peso que o Big Brother Brasil tem na TV. O reality show em 2022 será comandado por Tadeu Schmidt

"Nesses quase 30 anos de carreira, já que comecei com dez anos e vou fazer 40 anos, eu trabalhei em tudo quando foi projeto audiovisual. Trabalhei no Multishow, produzi e criei projetos. Diante de tudo isso e como eu me sinto atualmente, eu posso falar que eu tenho segurança e certeza que eu posso apresentar qualquer tipo de programa. Sim, eu tenho a certeza que apresentaria o Big Brother Brasil e outro reality", disparou o "veterano".  


Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas