Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TRAUMA

Atriz Jéssica Ellen revela que racismo na infância a impediu de ser modelo

Reprodução/Instagram

Jéssica Ellen posou de cabelo solto, brincos de argola e batom na cor fúcsia

Jéssica Ellen em foto publicada nas redes sociais; atriz desenvolveu trauma após sofrer racismo na infância

REDAÇÃO

Publicado em 4/8/2020 - 10h47

No ar como a booker Adele na reprise de Totalmente Demais, Jéssica Ellen revelou que o racismo que sofreu na infância a impediu se seguir o sonho de ser modelo, profissão que dizia que iria seguir no período escolar. Em um vídeo publicado no Instagram no domingo (2), a atriz contou que o episódio mudou completamente a sua visão com relação à moda até a fase adulta, pois acreditava que aquilo não "era para ela".

"Eu fiquei mal e pensei que moda não era para mim. Naquele momento, eu entendi aquilo. Foi uma ruptura. É muito louco como a gente passa por diversas situações quando criança e, às vezes, não entende exatamente o que acontece, mas é só um reflexo de algo muito estruturado na nossa sociedade que a gente não precisa nem dizer o nome que todo mundo já está careca de saber", relatou a intérprete de Camila em Amor de Mãe, novela das nove mutilada pela pandemia.

Jéssica contou que, quando tinha por volta de 8 anos de idade, sua professora propôs um desfile de moda entre as meninas da turma da escola. Única negra da sala, ela e mais uma outra garota foram escolhidas para o projeto.

Animada com a novidade, a atriz e a coleguinha passaram o recreio brincando e fazendo poses, até que outras alunas falaram para Jéssica que ela não poderia ser modelo porque não parecia com uma.

No dia seguinte, a professora chegou na sala e anunciou que outras duas meninas, brancas, seriam as escolhidas para o tal desfile. A decisão causou traumas na vida da artista e fez com que ela enxergasse, de fato, o que era racismo.

Por ironia do destino, Jéssica fez sucesso no papel de booker da agência de moda Excalibur na trama de Rosane Svartman Paulo Halm. A atriz afirmou que só agora está fazendo as pazes com a moda, apesar do preconceito sofrido.

"É óbvio que vem daí a minha dificuldade de relacionamento com a moda. Eu fiquei achando que não era para mim, que era superficial. Foi a forma que eu como criança me defendi daquela violência que eu sofri. Eu decidi fazer as pazes com a moda. Eu estou começando a pensar sobre isso realmente. A gente tem que recuperar tudo o que foi negado para a gente", completou.

Confira abaixo no relato completo da atriz:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Jéssica Ellen (@jessicaellen) em

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?